Páginas

quinta-feira, 1 de março de 2018

Collor festeja resultado de pesquisa em Alagoas

ÉPOCA - Murilo Ramos
O senador Fernando Collor de Mello (PTC-AL) comemorou o resultado de uma pesquisa de intenção de votos para presidente da República realizada em Maceió, capital alagoana, entre os dias 23 e 25 de fevereiro. Isso porque ele aparece em segundo lugar com 12,5%. Está atrás somente de Lula: 28,5%.
Collor, no entanto, é o segundo mais rejeitado. Entre os entrevistados, 8,5% disseram que não votariam nele de jeito nenhum. O campeão de rejeição é Lula: 8,5%.  
Em pesquisas nacionais, Collor surge com 1% das intenções de voto. 
A pesquisa foi realizada pela Falpe Pesquisas com 3 mil pessoas.
Enquanto isso, o ministro Herman Benjamin, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), determinou a notificação do governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, e demais para que eles contestem, num prazo de 15 dias, a denúncia da Procuradoria-Geral da República derivada da Operação Acrônimo, da Polícia Federal. O petista foi acusado pelo Ministério Público Federal de solicitar e receber propina de R$ 2 milhões da montadora de veículos Caoa, em troca da concessão de benefícios tributários para a empresa. Entre os acusados estão o delator Benedito Rodrigues de Oliveira Neto, conhecido como Bené, e o empresário Carlos Alberto de Oliveira Andrade, dona da montadora.
Uma questão suscitada nos autos atrasou a tramitação do caso: a autorização da Assembleia Legislativa de Minas para processar o governador. A controvérsia foi tema de julgamento no  Supremo Tribunal Federal (STF), que conclui ser desnecessária o aval prévio dos deputados estaduais. 

Do Magno Martins.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Feliz Aniversário, meu grande amigo!

Amigo, eu não poderia deixar passar esta data, este dia. Por isso, quero que você seja muito feliz nesta data que traz vida. Quero continu...

Matérias mais vistas