Páginas

quinta-feira, 1 de março de 2018

Mágoa e revolta – Cleiton Barboza desabafa, diz que estão ‘rifando’ seu nome e que em 2020 “não vota em cabra safado”

O rompimento político do empresário Cleiton Barboza com o grupo Taboquinha aconteceu de forma fria, com o empresário magoado e prometendo tomar um novo rumo na política local. Ele queixa-se da indiferença dos principais nomes do bloco de oposição com o seu nome, afasta a possibilidade de alinhamento político ao grupo Boca-Preta, bem como, anuncia que em 2020 poderá voltar a liderar um projeto político de ‘terceira via’. 

Tudo isso foi revelado em áudios gravados por Cleiton, endereçados a um homem chamado Luiz, que acabaram expostos em grupos de Whatsapp, principalmente em grupos de predominância de eleitores do partido Taboquinha. Nos áudios, Cleiton bate pesado nos lideres do grupo de oposição e diz que já espera ser ‘queimado’, com vistas a composição da chapa de oposição para a eleição de 2020. 

Em um dos áudios o empresário revela que um vereador, que ele chama de BF, tem trabalhado para tirá-lo da chapa Taboquinha de 2020. “O vereador BF disse que tem que ser ou ele ou alguém que seja vereador, daí eu estou só aguardando a decisão, se vão mesmo rifar meu nome, porque a política de Santa Cruz não é feita dessa forma né, um fazendo e armando contra o outro?”, disse ele, que seguiu, “pois eu não jogo da mesma forma não, eu sou um ‘caba’ de palavra, sou um homem de qualidade... Não souberam vir aqui em casa atrás de mim, se eu não servir, que venham e digam, ‘olha você não serve mais para o nosso grupo’, que ai eu sigo o meu rumo”. 

Mais adiante ele volta a bater em BF. “O vereador BF ano passado falou a Ney Lima em off que Fernando possa ser que continue (chapa majoritária Taboquinha para 2020), mas que o meu já estava excluído. Eu tô só aguardando se isso vai mesmo acontecer. Vai ter uma reunião terça, o vereador BF vai está lá, os donos do partido também vão está lá, então vamos aguardar”. 

“Daí seu Luiz o senhor vai ver para onde eu vou, não vou pra Boca-Preta, nada contra Boca-preta, mas a minha raiz não encaixa não. Se realmente não servir para o projeto, em 2020 taí Cleiton novamente numa terceira via, posso ter só o meu voto, mas será o voto de um cabra macho, que não abre nem pra um trem, carregado de pólvora, como diz o matuto”, disse ele, finalizando um dos áudios. 

No outro áudio, Cleiton diz que se for preciso, sai candidato a prefeito em 2020, por uma terceira via, assim como ele já fez em 2012. “Tem muito taboquinha dentro do grupo vendo as coisas erradas e alimentando as coisas erradas, eu estou na minha, mas vou falar na hora certa... Os camaradas quando quiseram me convidar para ser vice, souberam onde era minha casa, qual era meu telefone... Aí agora Cleiton não serve mais não... Se de fato isso se concretizar eu não saio pra Boca-Preta não, mas volto a ser terceira via novamente, para ter só meu voto, mas também não voto em cabra safado”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Cinco vereadores são afastados por suspeita de integrar esquema de 'funcionários fantasmas' em Pernambuco

Policiais civis cumprem mandados de busca e apreensão em operação que tem como um dos alvos a Câmara de Vereadores do Cabo de Santo Agost...

Matérias mais vistas