Páginas

quarta-feira, 11 de abril de 2018

Familiar de Lula é assassinado no Agreste Pernambucano

Luiz Inácio Lula da Silva não terminou bem seu final de semana. Depois da acusação em um longo processo na Lava Jato, o ex-presidente foi condenado a cumprir pena de 12 anos e 1 mês em regime fechado, devido ao famoso caso Triplex do Guarujá (SP).
Mas não só por esse motivo seu final de semana teve um desfecho infeliz. Na madrugada deste sábado 7, mesmo dia de sua prisão, um primo seu de primeiro grau, foi assassinado a tiros em Garanhuns, no Pernambuco.
O homem é Sandoval Ferreira de Melo e tinha 70 anos quando foi baleado em um assalto durante a madrugada desta último sábado (7).
Familiar de Lula é assassinado no Agreste Pernambucano
O familiar do ex-presidente morreu na manhã deste domingo, 8 de abril, depois de ser levado para o Hospital Regional de Caruaru, cidade localizada no Agreste pernambucano. O crime aconteceu na mesma cidade onde Lula nasceu.
De acordo com a Polícia Militar, o primo do ex-presidente estava em um bar bebendo com amigos, quando dois homens armados, de repente deram voz de assalto. Sandoval reagiu entrando em luta corporal contra os criminosos e acabou baleado no tórax e na barriga. Duas vítimas tiveram seus celulares levados.
Os policiais ainda estão efetuando as investigações e os números de disparos ainda não é preciso. Testemunhas acabaram contando histórias divergentes, o que está dificultando a PM de concluir o caso.
Segundo a Polícia Civil da cidade, os dois suspeitos conseguiram fugir. Mas, apesar da coincidência do assassinato ter ocorrido no mesmo dia em que o ex-presidente foi preso, o crime não apresenta indícios que tenha alguma relação com o fato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Suspeito de matar ex-companheira a facadas no distrito de São Domingos se entrega à polícia

  O suspeito de assassinar com mais de dez golpes de faca a ex-companheira na última quarta-feira (11) no distrito de São Domingos, em Brejo...

Matérias mais vistas