Páginas

segunda-feira, 23 de abril de 2018

Justiça nega visitas a Lula

Ele está preso na Superintendência da Polícia Federal (PF), na capital paranaense, desde 7 de abril. O despacho da juíza é da tarde de hoje.
Deputados, a ex-presidente da República Dilma Rousseff (PT) e outros políticos haviam peticionado, com o intuito de ver Lula. A "Comissão Externa" foi criada pela Câmara dos Deputados para "verificar in loco" as condições em que Lula se encontra na PF.
A senadora e presidente do PT Gleisi Hoffmann, ex-senador Eduardo Suplicy (PT), o ex-ministro Carlos Lupi e o deputado Paulo Pimenta estão entre os políticos que pretendiam visitar o ex-presidente.
O deputado Wadih Damous (PT) chegou a pedir para visitar Lula na condição de advogado. Nesta manhã, o Ministério Público Federal (MPF) se posicionou contra, afirmando que o pedido deveria ser indeferido.
"Os parlamentares estão impedidos de advogar em causas que envolvam a Administração Púbica direta e indireta, bem comoconcessionárias ou permissionárias de serviço público", diz um trecho do documento protocolado no sistema eletrônico da Justiça Federal na manhã desta segunda.
A juíza informou na decisão que acolheu a manifestação do MPF.

Do Magno Martins

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Famílias do Agreste Meridional recebem kits do programa Pernambuco que Alimenta

  Iniciativa estadual tem o objetivo de enfrentar a insegurança alimentar e nutricional por meio da destinação de gêneros alimentícios adqui...

Matérias mais vistas