Páginas

sábado, 14 de abril de 2018

Projeto eleva Central à condição de Patrimônio Cultural Imaterial de Caruaru

Um projeto de lei do vereador Alberes Lopes (PSC) vai elevar o Central Sport Club à condição de Patrimônio Cultural Imaterial de Caruaru. A proposta foi apresentada nesta quinta-feira (12) na Câmara de Municipal e colocará de vez a patativa e todas suas expressões esportivas como parte da identidade cultural do povo caruaruense.
A campanha do Central no Campeonato Pernambucano deste ano –“O Central de Caruaru é mais do que um clube de futebol é uma paixão que envolve toda a cidade. Sua história quase centenária está totalmente ligada ao desenvolvimento cultura, social e econômico do município. Nós queremos reconhecer publicamente todo o valor cultura e esportivo que o Central representa para nossa gente. Tenho certeza que este projeto vai beneficiar o Central dentro e fora de campo que receberá incentivos do poder público”, detalhou Alberes.
Ainda segundo Alberes Lopes, também se tornarão patrimônios culturais imateriais o tradicional uniforme alvinegro, com listras verticais brancas e pretas, o escudo original do time, sua gloriosa e apaixonante torcida e o centro de treinamento do clube.
— O Central Sport Club foi fundado em 15 de junho 1919. O nome é uma homenagem à Estação Central de Ferro de Pernambuco. A principal conquista do clube é título de expressão nacional: Campeão do Campeonato Brasileiro da Série B de 1986. Em 2019 o Central completará 100 anos de história, cada vez mais forte, para a alegria dos caruaruenses.

Do Edmar Lira

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Hospital de Toritama ganha novo aparelho de Raio X Digital

  Foto:Divulgação  Já começou o atendimento e o uso do novo aparelho de Raio X Digital que foi inaugurado na tarde da segunda-feira (19/09),...

Matérias mais vistas