Páginas

quarta-feira, 2 de maio de 2018

12 DE MAIO DIA “D” PARA O PT DE PERNAMBUCO

No dia 12 de maio o PT de Pernambuco vai reunir seus delegados para escolher o nome do candidato do partido ao cargo de governador nas eleições de 7 de outubro, a disputa vai ser mais acirrada entre o deputado Odacy Amorim que deve contar com apoio do senador Humberto Costa e da vereadora Marilia Arraes, mas ainda há uma terceira opção para os filiados do partido dos trabalhadores, trata-se de José de Oliveira.
Os defensores da candidatura da neta de Miguel Arraes ao governo do estado estão confiantes de que o nome de Marília será confirmado pelos delegados, segundo uma fonte do partido a jovem vai sair vitoriosa nesse embate interno do partido. Já o próprio Odacy Amorim, com quem conversamos por telefone na noite deste 1º de maio, disse que está tranquilo e que independentemente da escolha dos delegados, o partido dos trabalhadores em Pernambuco vai sair mais fortalecido e pronto para novos desafios. Amorim disse não ter duvida, de que seu nome vai ser confirmado pelos delegados para ser o candidato do PT.
O senador Humberto Costa não esconde de ninguém qual a sua posição, o mesmo é defensor de uma aliança com o PSB e de apoiar a candidatura de reeleição do governador Paulo Câmara. No entanto, na impossibilidade de haver entendimento interno do partido para formalizar aliança com o PSB, a quem diga que o senador deve apoiar a pré-candidatura do deputado Odacy Amorim. O que se sabe até o momento é de que a vereadora do Recife já conta com apoio de delegados de vários municípios e em especial do sertão do estado, todavia não há posicionamentos declarados dos delegados de municípios de outras regiões do estado.
Por essa razão o dia 12 de maio já é visto como o dia “D” para o PT de Pernambuco, onde será selado o futuro da legenda. Confirmada a vitoria interna de Marilia, não há duvidas de que ela vai levar adiante o projeto de disputar o governo de Pernambuco e de ser o terceiro nome da família a concorrer o mais importante cargo da política de Pernambuco. Por outro lado, ainda há duvidas quanto ao posicionamento do PT nacional em relação a Pernambuco, nesse caso de não aceitar o que for decidido no congresso do dia 12 e intervir em favor da aliança com o PSB.

Do Didi Galvão

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Nos braços do povo, Danilo é ovacionado em Congresso da UVP

"Eu conheço a realidade dos 184 municípios. Eu quero e vou governar para os 184 municípios ," falou Danilo. Literalmente nos braço...

Matérias mais vistas