Páginas

segunda-feira, 14 de maio de 2018

Com ameaça de greve, professores realizam protesto e paralisam atividades em Brejo

Na manhã desta segunda-feira (14) professores da rede municipal de Brejo da Madre de Deus realizaram, no distrito de São Domingos, uma paralisação de advertência.
De acordo com a categoria, a paralisação das atividades segue até a próxima terça-feira (15) e o protesto está sendo motivado, segundo eles, por uma série de fatores.
Entre eles estão: o não reajuste salarial deste ano por parte da prefeitura; uma suposta dívida com o regime de previdência própria, referente ao não repasse da prefeitura de contribuições da categoria; e também as condições de trabalho nas escolas.
Em entrevista concedida ao Blog, a representante do Sinduprom (sindicato da categoria), professora Luciene Cordeiro, fez críticas ao prefeito Hilário Paulo (SD).

“Para a gente, é uma grande decepção porque a maioria dos professores que estão aqui votaram nele e acharam que ele seria diferente. Ele, quando era vereador, foi um dos que aprovaram o Plano de Cargos e Salários e hoje quer desregulamentar, não quer cumprir com a Lei. É muita contradição. Quando vereador, votou a favor e hoje, infelizmente, descumpre a Lei” – disse.

Os professores saíram em passeata, munidos de faixas e distribuindo panfletos sobre os problemas alegados. Ainda de acordo com a professora, nesta terça a paralisação acontece na cidade de Brejo e uma assembleia deve ser realizada na semana que vem para discutir ou não se a categoria entra em greve.

“Sabemos que a prefeitura possui um grande número de contratados e que descumpre a Lei de Responsabilidade Fiscal, mas nós professores efetivos não podemos ser responsabilizados por isso. Quanto a dívida com a Previdência Própria, sabemos que ela existe e que ainda não foi sanada” – pontuou a professora.

A prefeitura de Brejo, em nota enviada a categoria e divulgada pela imprensa, já alegou falta de recursos para realização do reajuste e que, mesmo sem ele, os professores estariam recebendo a mais do que determina o piso nacional da categoria.
Fotos: Thonny Hill

Do Ney Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Famílias do Agreste Meridional recebem kits do programa Pernambuco que Alimenta

  Iniciativa estadual tem o objetivo de enfrentar a insegurança alimentar e nutricional por meio da destinação de gêneros alimentícios adqui...

Matérias mais vistas