Páginas

quarta-feira, 9 de maio de 2018

Pré-candidatos disputam eleitores de Joaquim Barbosa

Jornal do Brasil
Joaquim Barbosa anunciou, nesta terça-feira (8), que desistiu de disputar a Presidência na eleição de outubro. A decisão repercutiu entre os demais pré-candidatos que participaram de encontro com prefeitos de todo o Brasil em Niterói, no Rio de Janeiro. Entre elogios e lamentos, os presidenciáveis mostraram que irão buscar o espólio do ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF).
Geraldo Alckmin
O pré-candidato à Presidência do PSDB, Geraldo Alckmin, classificou a decisão de Barbosa como "uma perda". O ex-governador, que é aliado do PSB em São Paulo, sinalizou para a possibilidade de que o ex-ministro possa colaborar em seu governo, citando especificamente projetos ligados a área de gestão pública. 
"Nós precisamos de novas lideranças, de maior participação. Eu gosto do Joaquim [Barbosa]. É um homem preparado, com serviço prestado ao Brasil. Mas é uma decisão dele, nem sei se é definitiva. Todavia, se não for desta forma, prestará serviço ao Brasil de outra maneira. Tenho total respeito", declarou o tucano.
“Vamos esperar para ver o que o PSB vai fazer”, comentou Geraldo Alckmin
Alckmin desconversou sobre uma possível aliança com o PSB. A sigla que abrigou Joaquim Barbosa descartou quaisquer tipos de parcerias em âmbito nacional com o PSDB. Segundo o líder do partido, Júlio Delgado, o PSB não se aliará com legendas de centro.
“Vamos esperar para ver o que o PSB vai fazer. Tem dois ansiosos na vida: jornalistas e os candidatos”, disse Alckmin, desviando do assunto.

Do Magno Martins

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Famílias do Agreste Meridional recebem kits do programa Pernambuco que Alimenta

  Iniciativa estadual tem o objetivo de enfrentar a insegurança alimentar e nutricional por meio da destinação de gêneros alimentícios adqui...

Matérias mais vistas