Páginas

quinta-feira, 21 de junho de 2018

Prefeitura de Bananeiras, PB, contratou R$ 494,9 milhões em remédios em 4 anos

Bananeiras aparece como a principal prefeitura da Paraíba em gastos com medicamentos (Foto: Reprodução/TCE-PB)

Em quatro anos, entre 2015 e 2018, a prefeitura de Bananeiras, no Agreste paraibano, contratou por meio de licitação mais de R$ 494,9 milhões em medicamentos e equipamentos de saúde. Os dados constam no painel de medicamentos do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB), lançado oficialmente na quarta-feira (20).

De acordo com o levantamento do TCE-PB, somente no ano de 2017, foram contratados R$ 465,5 milhões em medicamentos e insumos farmacêuticos pela prefeitura, sendo cerca de R$ 450 milhões apenas para uma empresa.

O objetivo da licitação era a aquisição parcelada de medicamentos para atendimento ao hospital municipal dr. Clóvis bezerra, farmácias básicas e postos de saúde para o exercício de 2017.


Para fins comparativos, João Pessoa, com uma população 36 vezes maior, gastou no mesmo período cerca de R$ 124 milhões com a aquisição de medicamentos e equipamentos para hospital.

O G1 entrou em contato com a Prefeitura de Bananeiras e a Secretaria de Comunicação do município informou que vai emitir um posicionamento sobre a questão ainda nesta quinta-feira (21).

Gastador de 2018

Se levado em consideração os gastos somente de 2018 com medicamentos e insumos farmacêuticos, a prefeitura de Pombal aparece como maior licitante do setor, com a contratação de R$ 8,7 milhões. As licitações são destinadas à aquisição de material médico hospitalar, para UBS, Caps, Samu, Policlínica, Nasf, Centro de Reabilitação, Vigilância em Saúde, Melhor em Casa e UPA.

Medicamentos vencidos

As gestões estadual e municipais da Paraíba gastaram R$ 3,2 milhões em compra de medicamentos com prazo de validade vencido, desde 2015, segundo o Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB). O levantamento tem como base de dados o processamento de mais de 2 milhões de notas fiscais eletrônicas emitidas pela Receita Estadual.

Por G1 PB

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Cinco vereadores são afastados por suspeita de integrar esquema de 'funcionários fantasmas' em Pernambuco

Policiais civis cumprem mandados de busca e apreensão em operação que tem como um dos alvos a Câmara de Vereadores do Cabo de Santo Agost...

Matérias mais vistas