Páginas

segunda-feira, 25 de junho de 2018

PRF registra redução de feridos e mortes na Operação São João em Pernambuco

Entre a quinta-feira (21) e o domingo (24), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou 54 acidentes nas rodovias federais de Pernambuco, que deixaram 32 feridos e duas pessoas mortas. No mesmo período da Operação São João do ano anterior, foram verificados 55 acidentes, com 44 feridos e seis mortes. Uma redução de 27% na quantidade de feridos e de 65% na quantidade de mortes.
A operação segue até o final do mês de junho, em virtude das festividades que ocorrem principalmente no Agreste do estado. As ações continuam com o apoio de policiais do Distrito Federal, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Pará, Rondônia e Rio Grande do Sul.
Os acidentes mais graves ocorreram no sábado (23), na BR 316, em Araripina, no Sertão, e na BR 104, em Caruaru, no Agreste. O primeiro foi uma colisão lateral entre um ciclomotor e um veículo não identificado, que resultou na morte do condutor da moto, de 37 anos, e deixou o passageiro ferido. O outro acidente foi um atropelamento, que causou a morte de um homem, de 29 anos. O veículo envolvido no atropelamento se evadiu do local.
Nesse período, foram fiscalizadas 5.050 pessoas e 4.210 veículos, sendo emitidas 2.466 autuações por diversas infrações, como ultrapassagens indevidas (105), não uso do cinto de segurança (94), falta da cadeirinha (19) e do capacete (10). Além disso, foram registradas 589 imagens de veículos com excesso de velocidade por meio de radares.
O combate à alcoolemia contou com o apoio de equipes da Operação Lei Seca, sendo realizados 1.504 testes com o bafômetro, que resultaram em 69 autuações e quatro prisões de motoristas sob efeito de álcool. Do total de autuações, 56 foram por recusa em soprar o aparelho e 13 por constatação.
As ações educativas alcançaram 755 pessoas, através de abordagens e conscientização de motoristas e passageiros, sobre condutas que podem salvar vidas no trânsito. O ônibus do Cinema Rodoviário foi utilizado na BR 104 e no Marco Zero, em Caruaru, além da BR 232, em Gravatá.
O combate ao crime contou com o apoio de núcleos especializados da PRF e foram presas cinco pessoas por uso de documento falso, com mandados de prisão em aberto e por dirigir colocando em risco os outros veículos.
Em quatro dias, foram recolhidos 361 veículos, 85 Certificados de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLVs) e 72 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs), por diversas irregularidades.
Para evitar acidentes, foram recolhidos sete animais que estavam soltos nas rodovias e registradas 74 toneladas de excesso de peso, em veículos de carga.

Do Didi Galvão

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

reação de Armando Monteiro contra Paulo Câmara e empate no 2º turno

Nova rodada da pesquisa Ibope, divulgada nesta segunda-feira (17) pela TV Globo, mostra que o candidato da Frente Popular de Pernambuco, ...

Matérias mais vistas