Páginas

sexta-feira, 22 de junho de 2018

Supremo pode conceder prisão domiciliar para Lula

Integrantes do Supremo Tribunal Federal (STF) não descartam a hipótese de uma “solução meio-termo” no julgamento que vai analisar uma nova tentativa do ex-presidente Lula de ser solto. Se as chances de ele ser libertado pela Segunda Turma na próxima terça-feira, 26, são consideradas quase nulas na Corte, a de o petista ir para prisão domiciliar tem adeptos.
Condenado a 12 anos e 1 mês pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro no caso do triplex do Guarujá, Lula cumpre pena na superintendência da Polícia Federal em Curitiba há dois meses.
Em abril, a PF pediu a transferência de Lula para outro local. Justificou que a custódia tem gerado gastos altos e transtornos para a rotina da superintendência. Como até agora a Justiça não se manifestou, na instituição é grande a expectativa com relação à decisão do Supremo.  (Coluna do Estadão – Andreza Matais).

Do Magno Martins

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Cinco vereadores são afastados por suspeita de integrar esquema de 'funcionários fantasmas' em Pernambuco

Policiais civis cumprem mandados de busca e apreensão em operação que tem como um dos alvos a Câmara de Vereadores do Cabo de Santo Agost...

Matérias mais vistas