Páginas

quarta-feira, 18 de julho de 2018

Ex-funcionários do Consorcio Emsa do Eixo Norte da Transposição cobram salários atrasados

Um grupo de ex-funcionários do consorcio Emsa, responsável pelas obras do Eixo Norte da Transposição do Rio São Francisco, estão acampados em frente à sede do Ministério da Integração Nacional em Salgueiro, os trabalhadores cobram salários atrasados desde o mês de março. Segundo os trabalhadores já há uma decisão favorável à eles na Justiça, falta apenas o repasse dos recursos por parte do MI para a Caixa Econômica Federal efetuar os pagamentos.
Ainda de acordo com esses trabalhadores são 1.639 pessoas que estão aguardando a liberação do dinheiro, os mesmos afirmam que o montante é algo em torno de 17 milhões de reais. São pais de famílias de diferentes cidades dos estados de Pernambuco e Ceará, muitos deles já estão passando por necessidades em suas casas. Um deles informou a nossa reportagem que não sabe mais o que fazer, antes fazia a feira e pagava quando recebia os vencimentos, agora o dono da venda não libera as compras e já enfrenta dificuldades em sua casa.
Os mesmos já gravaram vídeos e espalharam pela internet, com a intenção de sensibilizar as autoridades. Esses trabalhadores esperam das autoridades uma solução urgente, segundo o Robson, que também está acampado em frente da sede do Ministério da Integração Nacional em Salgueiro, eles só vão sair de lá quando tiverem uma solução definitiva e não descartam outro tipo de manifestação. Os mesmos pedem aos representantes do Sertão de Pernambuco no Congresso Nacional, que intervenham junto ao Governo Federal para que essa situação tenha um fim o mais rápido possível.

Do Didi Galvão

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Edson Vieira pede ‘lealdade e fidelidade’ de Armando Monteiro após declarar apoio

Escolhido como candidato a governador apoiado pelo grupo boca-preta em Santa Cruz do Capibaribe, Armando Monteiro (PTB) prestigiou, n...

Matérias mais vistas