Páginas

domingo, 8 de julho de 2018

SD decide em agosto se fica na base governista ou vai para a oposição do governo de Paulo Câmara

A cada dia que passa o governador Paulo Câmara (PSB-PE), pré-candidato a reeleição tem uma nova insatisfação dentro de sua base de apoio. Depois de perder aliados importantes do PSDB, DEM, PSC e a família Ferreira, ainda o grupo político do senador Fernando Bezerra Coelho, sem contar que vários prefeitos já pularam do barco e outros estão de malas prontas, Paulo vai ter que fazer de tudo para continuar com o apoio do SD. O presidente estadual da legenda em Pernambuco, o deputado Augusto Coutinho, não esconde sua insatisfação com o governo e o tratamento dado a seus correligionários. Por essa razão não está descartada a possibilidade de rompimento.
A prova clara da insatisfação do partido com o governador foi registrada quando o mesmo esteve recentemente em Floresta, terra do deputado federal Kaio Maniçoba e da ex-prefeita Rorró Maniçoba. Kaio foi secretário de habitação dei Galvão Câmara e ao sair para disputar a reeleição, o governador não manteve a pasta sob o controle do partido. Por conta disso tanto o deputado quanto sua mãe não compareceu ao evento do governador, o que para muitos foi um alerta de que o rompimento pode acontecer a qualquer momento. Os lideres do SD mesmo insatisfeitos, definiram que vão continuar na base governista, pelo menos até o dia 4 de agosto quando vão decidir se apóiam a reeleição de Câmara ou vão com Armando Monteiro.

Do Didi Galvão

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Adolescente criminoso troca tiros com policiais e acaba capturado

Na manhã desta quarta-feira (18) uma troca de tiros foi registrada em Santa Cruz do Capibaribe. De acordo com as primeiras informações,...

Matérias mais vistas