Páginas

quarta-feira, 8 de agosto de 2018

Deputados questionam gastos com os Centros Comunitários da Paz

Intervenções de baixo custo em dezenas de bairros do Recife seriam mais eficazes na política de prevenção social da violência do que os Centros Comunitários da Paz, os chamados Compaz. Essa é a avaliação do deputado Edilson Silva, do PSOL, que fez críticas aos gastos da Prefeitura da capital pernambucana na implantação e publicidade das unidades do Compaz localizadas nos bairros do Alto de Santa Terezinha e Cordeiro. Segundo o parlamentar, os equipamentos custaram caro, e não atendem a comunidades que realmente precisam de opções de esporte e lazer: “Pra vocês terem uma ideia, eu vou agora colocar uma emenda orçamentária para o bairro do Jordão Alto aqui.  É para cobrir uma quadra poliesportiva. Isso é uma demanda da comunidade. Nós temos ali arte-educadores, professores de artes marciais, professores de música que querem um espaço. Eles já trabalham voluntariamente, disputando aquela nossa juventude com a criminalidade, com o narcotráfico. Sabe qual é a política pública do prefeito Geraldo Julio para aquelas pessoas que estão ali? Zero.”
Em aparte, a deputada Priscila Krause, do Democratas, apontou que os gastos com o Compaz Escritor Ariano Suassuna, no bairro do Cordeiro, passaram de 30 milhões de reais. Ela questionou a efetividade desse investimento como forma de prevenir a criminalidade.
O deputado Lucas Ramos, do PSB, destacou o papel da Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, a AD Diper, no incentivo aos arranjos produtivos do interior do estado: “São projetos que propõem a efetiva resolução de problemas, estimulando a cadeia de negócios. Áreas como a avicultura de corte, com a construção de pequenas unidades de beneficiamento de galinha caipira que poderá ser implantado na cidade de Lagoa Grande. Um estímulo para os pequenos e médios criadores que teriam condições de oferecer um produto de melhor qualidade para os consumidores e ainda obter melhor rendimento.”
Os 40 dias de funcionamento da programação oficial da Rádio Frei Caneca FM foram tema de discurso do deputado Aluísio Lessa, do PSB. O parlamentar destacou o caráter social, cultural e educativo da rádio pública do Recife: “Uma grande programação, não tem intervalo comercial. É música o tempo todo. É cultura pura, muitos pernambucanos, recifenses que têm hoje suas músicas sendo priorizadas numa rádio que enfoca basicamente o que é de raiz.”
Diogo Moraes, do PSB, defendeu a aplicação do mesmo regime simplificado de cobrança do ICMS do Polo de Confecções do Agreste no distrito industrial a ser implantado em Sertânia, no Sertão do Moxotó: O governador se comprometeu, presidente, de estender todo nosso estudo, que fizemos e conquistamos, no regime tributário para o polo de confecções, fazer um extensão para o povo de Sertânia.”
Ainda no Plenário dessa terça, o deputado Pastor Cleiton Collins, do PP, alertou a população para a importância da campanha de vacinação em todo o país contra sarampo e poliomielite. O parlamentar registrou a lei estadual, baseada em projeto de sua autoria, que instituiu a Semana Estadual de Vacinação de Adultos.

Do Didi Galvâo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Feliz Aniversário, meu grande amigo!

Amigo, eu não poderia deixar passar esta data, este dia. Por isso, quero que você seja muito feliz nesta data que traz vida. Quero continu...

Matérias mais vistas