Páginas

terça-feira, 21 de agosto de 2018

O fator rejeição numa campanha eleitoral

Os candidatos Paulo Câmara (PSB) e Armando Monteiro (PTB), estão tecnicamente empatados segundo a pesquisa do Instituto Ibope. Paulo aparece com 27% das intenções de voto e Armando com 21% como a margem de erro é de 3 pontos para mais ou para menos, isso significa que os dois podem ter os mesmos 24%. Quando o entrevistado é perguntado em quem ele vai votar a diferença cai para 4 pontos, se observado a margem de erro que é de 3 pontos o candidato petebista pode alcançar 8% e o socialista cair para 6%.
O que deve ser levado em consideração é o fator rejeição dos candidatos, aí Armando Monteiro leva vantagem de 16% em relação ao principal adversário. Paulo amarga uma rejeição de quase metade do eleitorado pernambucano com 43% dizendo que não vota nele de jeito nenhum, já o candidato Armando Monteiro tem uma rejeição de 27% dos entrevistados na pesquisa Ibope. A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo “Jornal do Commercio”. Foram ouvidos entre os dias 17 e 19 de agosto 1.204 eleitores de todas as regiões do estado, com 16 anos ou mais.
É o primeiro levantamento do Ibope realizado em Pernambuco depois da oficialização das candidaturas na Justiça Eleitoral, isso quer dizer que muita coisa pode acontecer daqui pra frente. Paulo Câmara vai explorar a imagem do ex-presidente Lula, dizendo ser ele o legitimo candidato do petista em Pernambuco. Por outro lado Armando vai explorar os pontos falhos do governo socialista como: o caos na segurança pública com índices alarmantes de violência; as estradas prometidas e não construídas e o não pagamento aos pipeiros e outros serviços.
Em tempos de descrença por parte do eleitorado com a classe política, quem for menos rejeitado já começa a corrida com uma ligeira vantagem. Resta saber quem vai aproveitar melhor o desgaste do outro, aí entra em campo uma boa coordenação de campanha. Nesse quesito o candidato Paulo Câmara ta bem melhor, se não diminuir sua rejeição perante o eleitor pode pelo menos impedir o crescimento de seu adversário. Por outro lado o candidato Armando vai tentar melhorar sua aceitação sem atrair mais desgaste, ainda pode trabalhar outros pontos negativos do governo e fazer com que a rejeição do governador aumente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Cinco vereadores são afastados por suspeita de integrar esquema de 'funcionários fantasmas' em Pernambuco

Policiais civis cumprem mandados de busca e apreensão em operação que tem como um dos alvos a Câmara de Vereadores do Cabo de Santo Agost...

Matérias mais vistas