Páginas

quarta-feira, 5 de setembro de 2018

Coluna do blog desta quarta-feira

Pesquisas nortearão campanha eleitoral a partir de agora 
O Ibope e o Datafolha, os dois institutos de maior credibilidade do Brasil, registraram pesquisas para governador de Pernambuco e estão com divulgação prevista para hoje e amanhã, respectivamente. Eles ditarão o ritmo da disputa com os números que forem divulgados e apontarão se haverá segundo turno ou se a disputa poderá ser liquidada no dia 7 de outubro.
O Ibope que foi o primeiro a ser divulgado há quinze dias apontou Paulo Câmara com 27% contra 21% de Armando Monteiro. A soma de todos os candidatos adversários de Paulo Câmara chegou a 32%, evidenciando um segundo turno entre Paulo e Armando, pois os votos válidos davam 46% para o atual governador.
Já o Datafolha apontou Paulo Câmara com 30% e Armando Monteiro 24%, os demais candidatos somaram 11%, atingindo 35% das intenções de voto dos adversários do governador contra 30% de Paulo. Isso apontava 46,15% dos votos válidos para Paulo Câmara.
Com o início do guia eleitoral na última sexta-feira, tanto o Ibope quanto o Datafolha terão captado o comportamento do eleitor em relação às inserções envolvendo todos os candidatos a governador e os números das pesquisas já ditarão a tendência da disputa. Se a vantagem de seis pontos para Paulo Câmara for mantida ou reduzida, a tendência apontará para uma segunda etapa, o que deixará o PSB em alerta, pois serão pouco mais de 30 dias para que o governador possa suplantar a soma de seus adversários para liquidar no dia 7 de outubro, o que não será tarefa fácil.
Se porventura a pesquisa apontar uma vantagem ainda maior para Paulo Câmara que se aproxime dos dez pontos, o alerta ficará para Armando Monteiro e demais adversários do governador, pois as chances de vitória no primeiro turno serão ampliadas consideravelmente, neutralizando a possibilidade de recuperação de Armando e os demais, uma vez que a expectativa de vitória para o meio político e para o eleitorado será mais latente para Paulo Câmara e isso tem um impacto forte no processo daqui por diante.
Silvio Costa Filho – Assim como em 2010 e 2014 quando surpreendeu a todos tirando expressivas votações, Silvio Costa Filho já é tido como alguém que poderá ficar entre os três mais votados para deputado federal da oposição. Habilidoso, Silvinho é um dos melhores quadros políticos de Pernambuco.
Inauguração – Eleitores prometem lotar o comitê central do candidato a deputado estadual Manoel Neco (PP), nesta quarta. O motivo é a inauguração do espaço que fica em Prazeres. A festa contará com a presença do deputado federal e candidato à reeleição Eduardo da Fonte (PP), com quem Neco faz dobradinha em Jaboatão.
Paulinho Tomé – Eleito em 2014 com 33 mil votos, o deputado estadual Paulinho Tomé está ampliando suas bases em todo o estado e vem se consolidando como o principal nome do PRP para a Assembleia Legislativa de Pernambuco.
Risco – Candidatos a deputado com votos essencialmente metropolitanos deverão colocar as barbas de molho, porque o nível de abstenção no Recife e região deverá ser muito superior ao do interior, prejudicando quem tem votos na capital para federal e estadual.
Fábio Barros – Candidato a deputado federal pelo PSB, o presidente da Câmara de Paulista, Fábio Barros, está com uma crescente campanha em seu município, tornando-se o principal nome de Paulista na disputa pela Câmara Federal.
Contas – Há quem aposte que a oposição liderada por Armando Monteiro só elegerá sete deputados estaduais, e pelo menos cinco estão garantidos, são eles: Álvaro Porto, Antônio Coelho, Socorro Pimentel, Alessandra Vieira e Romero Sales Filho. Os demais terão que torcer para que em vez de sete, a oposição eleja nove, mas está cada vez mais difícil.
RÁPIDAS
Zeca Cavalcanti – Nos últimos dias o deputado federal Zeca Cavalcanti ganhou importantes apoios para a sua reeleição. Em 2014 ele foi eleito com mais de 97 mil votos e agora como o único nome do PTB será questão de honra para Armando Monteiro a sua reeleição.
Fidelidade – Em 2016 setores palacianos incentivaram a candidatura de Paulo Roberto para prefeito contra Aglailson Júnior em Vitória de Santo Antão. Mesmo sem a bênção do Palácio, ele acabou vitorioso e segue ajudando o governador, tanto que vota na chapa completa, com Paulo Câmara, Jarbas Vasconcelos e Humberto Costa.
Inocente quer saber – Como virão o Ibope e o Datafolha para governador de Pernambuco?

Do Edmar Lyra

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Cinco vereadores são afastados por suspeita de integrar esquema de 'funcionários fantasmas' em Pernambuco

Policiais civis cumprem mandados de busca e apreensão em operação que tem como um dos alvos a Câmara de Vereadores do Cabo de Santo Agost...

Matérias mais vistas