Páginas

quinta-feira, 6 de setembro de 2018

Pesquisas consolidam rejeição a Paulo e mostram peso das oposições em Pernambuco

O eleitorado pernambucano teve acesso nesta quarta-feira (5) às duas primeiras rodadas de pesquisas para governador do Estado realizadas neste início da propaganda partidária no rádio e na televisão. Em ambas, uma coincidência: a alta rejeição ao nome de Paulo Câmara.
Na pesquisa da Rede Record, divulgada nacionalmente, o candidato do PSB é rejeitado por 47% do eleitorado. Na sondagem do Ibope ele também é o mais rejeitado, com 33%.
No levantamento da Record, Paulo e Armando estão empatados em intenções de votos, com 26% e 23%, respectivamente. No Ibope, ambos cresceram, com Armando subindo de 21% para 24% em relação à primeira rodada e Paulo somando 33%.
Levando em consideração a margem de erro de 3 pontos percentuais nas duas pesquisas, o cenário eleitoral aponta para um segundo turno, com empate entre o socialista e a soma dos candidatos de oposição, pelo Ibope. Na pesquisa da Record, Armando e os demais candidatos de oposição têm 12 pontos percentuais mais que Paulo.
Assessoria de Imprensa do candidato a governador Armando Monteiro (PTB)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Chacina em São João: bebê e outras quatro pessoas são assassinadas a tiros; outras sete ficam feridas

  Crime aconteceu na noite da quinta-feira (26) e foi motivado por 'rixa entre grupos ligados ao tráfico de drogas', segundo o gover...