Páginas

quinta-feira, 12 de maio de 2022

Professores do Brejo continua em greve Prefeito Roberto Asfora não apresentou nenhuma proposta sobre o piso salarial dos professores em reunião.

Os professores do Brejo da Madre de Deus, Agreste Central de Pernambuco, estão frustrados com a forma que o prefeito Roberto Asfora (PL) tem tratado a categoria que encontra-se em greve desde o dia 04 desse mês, por tempo indeterminado. Os profissionais reivindicam a concessão do reajuste com base no Piso Nacional, no entanto, o gestor nega o direito garantido por lei federal.

Após protestos realizados essa semana na Sede do Brejo e no Distrito Fazenda Nova, o prefeito do município enviou ofício a um dos sindicatos que representam os professores, convocando para uma reunião marcada para o mesmo dia.

Apesar de não terem sido avisados com antecedência, representantes da categoria se reuniram com o prefeito Asfora e com outros representantes da Prefeitura Municipal, bem como, com o vereador Robertinho Asfora, mas segundo as informações, nenhuma proposta foi apresentada por parte do poder executivo para resolver a celeuma. Ainda de acordo com o que foi apurado pelo Blog, com exceção ao filho do prefeito, nenhum dos outros vereadores foram convidados para acompanhar as negociações.

 Essa não é a primeira reunião em que os professores saem frustrados, já que recentemente, uma reunião foi realizada apenas para marcar outra reunião que acabou não acontecendo. Aparentemente, a intenção do prefeito Roberto Asfora é postergar o problema para ganhar tempo, enquanto isso os professores tem sofrido perdas irreparáveis.


 Informação do Blog Agreste Noticia 






 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

PRF apreende adolescente com 44 pássaros silvestres em Recife

  Três aves morreram durante transporte na mala de um carro Um adolescente de 16 anos que transportava 44 pássaros silvestres foi apreendido...

Matérias mais vistas