Páginas

PROGRAMA A VOZ DA ZONA RURAL - PARA FM

sábado, 11 de junho de 2022

Câmara Setorial têxtil de Pernambuco se reúne em Santa Cruz do Capibaribe


 Nesta terça-feira (7), foi realizada, no Centro Administrativo do Moda Center, a 5ª reunião presencial da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Têxtil e de Confecções do estado de Pernambuco. Presidida pelo empresário santa-cruzense Valmir Ribeiro, a reunião teve a participação do diretor da ADEPE, Roberto Abel, o gerente da SEFAZ-PE, João Luiz, o síndico do Moda Center, José Gomes Filho, o presidente da ACIT, Luiz Carlos, o presidente da ASCAP, Josivan Ramos, o diretor do NTCPE Wamberto Barbosa, entre outros agentes de entidades ligadas setor têxtil do estado participaram do encontro, que aconteceu de forma híbrida, com participantes presenciais e de forma remota.

Dentre os pontos abordados, dois tiveram maior destaque: O decreto 52.914/2022, que amplia para R$ 5 mil o valor que pode ser emitido em nota fiscal de consumidor eletrônica sem a identificação do destinatário (antes era de R$ 1.000,00); e a utilização dos recursos do Fundo de Desenvolvimento da Cadeia Têxtil e de Confecções (FUNTEC) para apoiar os eventos de moda realizados em Santa Cruz, Toritama e Caruaru.

O Decreto – De acordo com os participantes, o aumento do limite para emissão de notas fiscal sem a necessidade de registrar do CPF do comprador agilizará o processo de vendas, não só no setor têxtil, mas em todo o comercio do estado. Outro ponto apresentado pelo gerente da Secretaria de Fazenda, João Luiz. Foi a apresentação do Aplicativo que facilitará ainda mais a emissão das notas fiscais avulsas da SEFAZ/PE ao custo de apenas 2%, como já acontecia no Polo de Confecções nas unidades do Expresso da Moda em Santa Cruz, Toritama e Caruaru. O serviço também poderá ser realizado de forma mais ágil pelo aplicativo da “Nota da Moda”, lançado na nesta quarta-feira (8), no Centro de Eventos do Moda Center.

Proposta para uso de recursos do Funtec – De acordo com Valmir Ribeiro, o Governo do Estado deveria prestar um apoio financeiro ainda maior aos eventos de moda nas cidades do Polo. O presidente sugere que sejam garantidos recursos na ordem de R$ 1 milhão por ano, sendo R$ 200 mil para cada um desses eventos: Estilo Moda Pernambuco (realizado pelo Moda Center), Festival do Jeans de Toritama, duas rodadas de negócios em Caruaru e a rodada “Moda e Negócios” realizada pela CDL Santa Cruz do Capibaribe.



Fonte Assessoria


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Mecânico é morto a tiros em plena luz do dia no bairro Boa Esperança, em Brejo da Madre de Deus

  Mais um crime de morte aconteceu no bairro Boa Esperança, em Brejo da Madre de Deus, no Agreste de Pernambuco. Nesta terça-feira, 23 de ab...