Páginas

terça-feira, 28 de junho de 2022

MG: mulher mata marido asfixiado após ele chamá-la de “velha e gorda”

 

Esposa convenceu marido a ser amarrado e na sequência asfixiou a vítima; suspeita chamou Bombeiros informando que homem se afogou


Para cometer o crime, a esposa pediu para amarrar o homem como pretexto de testar a habilidade de imobilização e ele aceitou. As mãos e pés foram amarrados. Como ele não conseguia mais se defender, ela teria tampado a boca e nariz do homem para asfixiá-lo.Com o homem desarcordado, a esposa chamou uma vizinha que já estava sabendo que a mulher iria assassinar o marido. Ao perceberem que ele havia morrido, tiveram o plano de simular que o homem teria se engasgado. As duas então colocaram um pedaço de alimento na garganta do homem e chamaram o Corpo de Bombeiros que tentaram a vítima, que já estava sem vida.A esposa confessou e revelou à polícia como aconteceu o crime. Segundo a mulher, ela não tinha um motivo específico para assassinar o homem, mas disse que enquanto o asfixiava lembrava que ele lhe chamava de “gorda e velha”.


Do G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Anderson reforça importância da isonomia durante a eleição em visita ao MPPE

  Foto: Hermes Costa Neto/Divulgação O candidato Anderson Ferreira (PL) defendeu, nesta terça-feira (16), a garantia de condições de isonomi...

Matérias mais vistas