Páginas

terça-feira, 12 de julho de 2022

Jovem que morreu na cachoeira em Brejo da Madre de Deus escorregou no momento que tentava fazer um vídeo

 

A filha de 5 anos estava com a mãe e presenciou o acidente.

O que era para ser um passeio maravilhoso entre mãe e filha terminou em uma grande tragédia em Brejo da Madre de Deus, no Agreste de Pernambuco, quando na tarde do domingo (10), a jovem Elisangela Juvino Ribeiro, de 30 anos de idade, mais conhecida por Elis, perdeu a vida após sofrer um gravíssimo acidente em uma cachoeira que fica localizada no sítio Estrago, próximo a subida da “Garganta da Serra do Ponto".

Fotos: Blog Estação Notícias

De acordo com informações repassadas ao nosso portal Estação Notícias, o senhor popularmente conhecido por “Mãozinha”, foi até o local para deixar a filha e a neta que iam curtir a tarde do domingo tomando banho na cachoeira.

Fotos: Blog Estação Notícias

No momento em que já estavam se preparando para irem embora, Elis pediu para a filha ficar em baixo, enquanto ela foi até a parte superior da cachoeira para fazer um vídeo. Foi aí que ela escorregou e caiu. A menina começou a gritar pedindo socorro, um adolescente ouviu os gritos e foi até o local. Neste momento um pequeno grupo de pessoas também estava chegando para tomar banho na cachoeira e uma mulher ao avistar Elis, no primeiro momento pensou que ela estava se bronzeando e gritou: “ei mulher, tua filha está chorando, vem cá pegar ela”, foi quando a criança disse que a mãe tinha caído das pedras e pediu que fossem pegar ela.

Fotos: Blog Estação Notícias

O SAMU foi acionado e se deslocou para o local que é de difícil acesso, bastante íngreme e estava molhado devido as chuvas, mas infelizmente a vítima já estava sem vida, pois morreu no momento da queda.

Ainda segundo informações, Elis quebrou o fêmur, o braço e sofreu uma grande pancada na cabeça, o que foi fatal. Após muito trabalho da equipe de resgate o corpo foi retirado do local e encaminhado para o necrotério em Brejo e depois foi encaminhado para o IML de Caruaru.

Elis era funcionária da Escola Municipal José Inácio.


Mãe de duas filhas, uma de 5 e outra de 9 anos, Elis trabalhava como Assistente Administrativo na secretaria da Escola Municipal José Inácio, e segundo informações de colegas de trabalho, era ótima funcionária, bastante alegre e prestativa.

O corpo de Elis deve ser velado na casa em que morava com seu pai Mãozinha, que fica na Avenida Cleto Campelo, ao lado do Bradesco.

O horário do sepultamento ainda está sendo definido por familiares. O sepultamento deve ocorrer no cemitério de Brejo.

Da redação do Blog Vertentes Notícias
Com informações do Blog Estação Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Comerciante reage a assalto e mata suspeito a tiros no Agreste de Pernambuco

  Foto: Blog Ney Lima Um comerciante reagiu a um assalto e matou um dos suspeitos de tentar assaltar seu estabelecimento comercial na manhã ...

Matérias mais vistas