Páginas

sábado, 27 de agosto de 2022

Anderson defende Bolsonaro e destaca que “Danilo e Marília são a mesma coisa” em debate em Caruaru

 


Em um debate marcado pelo embate entre Anderson Ferreira (PL) e o candidato do governador Paulo Câmara (PSB), Danilo Cabral (PSB), realizado na manhã desta sexta-feira (26) pela Rádio Liberdade FM no Teatro Difusora, em Caruaru, a população presenciou posicionamentos enfáticos por parte do candidato do Partido Liberal ao criticar o estado de abandono de Pernambuco em contraponto às conquistas da população garantidas pelo Governo Bolsonaro.

Anderson citou como exemplos dos avanços obtidos pela gestão do presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), a conclusão das obras da Transposição do Rio São Francisco e a criação do Auxílio Brasil no valor de R$ 600, além de prioridades com a geração de empregos e o crescimento econômico.

Danilo Cabral, por sua vez, mostrou-se apático e acuado. O socialista insistiu em divulgar promessas eleitoreiras que não foram cumpridas por seu padrinho político, o governador Paulo Câmara, ao longo dos últimos oito anos. “Muitos pareciam estar em um debate de candidatos a prefeito e não a governador”, disse Anderson, ao observar que ficou claro para a população que “tem gente com candidatura posta que precisa estudar mais”.

Anderson destacou que quanto aos temas ligados às creches e à educação infantil, a ex-prefeita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB), apresentou dados de estudos em vez de propostas para o setor. “Estivemos como prefeito do Jaboatão dos Guararapes e aumentamos em 575% o número de creches, saindo de quatro para 23 unidades, e, até o fim do ano, outras quatro serão entregues, elevando para 27 o total de creches no município. Apresentamos resultados e foi essa experiência que nos trouxe até este momento”, pontuou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Justiça Eleitoral altera locais das secções do Teatro Municipal, AABB e Evany Patriota Cordeiro nas eleições deste ano

  Os eleitores santa-cruzenses que votam nas secções que fazem parte da Escola Evany Patriota Cordeiro (59, 60, 63, 68 e 72), na AABB (123, ...

Matérias mais vistas