Páginas

sexta-feira, 26 de agosto de 2022

TRE-PE determina perda de mandato de vereador de Garanhuns por infidelidade partidária

 

Sede do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) fica na Avenida Agamenon Magalhães, no Recife — Foto: Pedro Alves/g1

Em sessão plenária na quinta-feira (25), o pleno do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) determinou, por 4 votos a 3, a perda do mandato do vereador Bruno dos Santos, de Garanhuns, no Agreste, por infidelidade partidária.

"O vereador foi eleito em 2020 pelo PSL com 496 votos, mas deixou o partido logo após a sua fusão com o DEM para a criação do União Brasil alegando, em suma, mudança substancial do programa partidário e 'grave discriminação política pessoal' por, na qualidade de presidente do diretório municipal, não ter sido consultado sobre o lançamento de candidaturas para 2022", conforme informou o TRE.

À TV Asa Branca, a Câmara de Vereadores de Garanhuns informou que não foi notificada pelo Tribunal Regional Eleitoral do estado. O parlamentar disse à produção da emissora que enviaria nota sobre o caso.

A determinação ainda cabe recurso ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Mas, com a decisão, o vereador perde o mandato de imediato. O TRE Pernambuco também determinou ao presidente da Câmara de Garanhuns que emposse o primeiro suplente do partido.


Por g1 Caruaru

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Hospital de Toritama ganha novo aparelho de Raio X Digital

  Foto:Divulgação  Já começou o atendimento e o uso do novo aparelho de Raio X Digital que foi inaugurado na tarde da segunda-feira (19/09),...

Matérias mais vistas