Páginas

sexta-feira, 2 de setembro de 2022

Em debate, Danilo mostra disposição ao diálogo e estar pronto para governar Pernambuco

 


Mostrando ser o mais preparado para enfrentar os desafios que se impõem ao novo tempo e aberto ao diálogo, sem fugir dos debates, Danilo Cabral comprovou, durante o primeiro debate na TV nesta eleição, na noite desta quinta-feira (1º), que está pronto para governar o estado a partir de 2023. O socialista foi o mais propositivo dentre os demais postulantes, ao apresentar um conjunto de compromissos à população pernambucana. O único candidato de Lula ressaltou programas como Comida na Mesa e Emprego Novo e as propostas de universalização do ensino profissional presencial e um pacote de obras viárias, que, juntos a outras ações estruturantes, vão colocar o estado em um novo patamar de desenvolvimento, com empregos, renda e oportunidades para a população.

No debate promovido pela Rádio Cultura/TV Nova/ Diario de Pernambuco, além de 26 emissoras de rádio de todas as regiões do estado, Danilo ressaltou que, com o Comida na Mesa, Pernambuco terá a maior rede de proteção social do Nordeste, em parceria com as prefeituras e os pequenos agricultores. O estado vai instalar cozinhas comunitárias nas 184 cidades do estado, que vão atender as pessoas mais vulneráveis. Esse combate à fome será reforçado com a construção de 15 restaurantes populares nos municípios com mais de 100 mil habitantes. Esses equipamentos terão capacidade de preparar 1.000 alimentações. Por outro lado, o único candidato de Lula vai implantar 11 mini-Ceasas nas regiões, descentralizando o abastecimento no estado, fortalecendo a agricultura familiar. 

Estimulando a geração de oportunidades, Danilo explicou que o programa Emprego Novo, a partir de 2023, vai bancar parte do salário de cada nova contratação com carteira assinada. Para cada contrato de três meses, a gestão Danilo Cabral vai repassar R$ 600 aos empregadores, com a condição de manter o funcionário por mais um mês, totalizando quatro meses. Nos contratos com duração de seis meses, o estado vai repassar R$ 1.000 por funcionário, com a garantia de dois meses de permanência, garantindo oito meses.

Na educação, assim como fez como secretário no governo Eduardo Campos, Danilo garantiu que vai universalizar o ensino profissional presencial para todas as cidades do estado. O socialista explicou que as novas unidades de ensino vão oferecer qualificação conectada com as vocações econômicas regionais, preparando os estudantes para ocuparem as vagas do mercado de trabalho.

Para induzir a interiorização do desenvolvimento, Danilo garantiu um grande pacote de obras viárias. Ao lado do presidente Lula, o socialista vai duplicar a BR-232 até Serra Talhada, construindo uma terceira faixa até Salgueiro, integrando o Sertão ao restante do estado. Essa obra vai permitir escoar toda a produção, inclusive dos polos de fruticultura e gesseiro. Por outro lado, ele vai concluir a BR-104, potencializando o fluxo no Polo de Confecções. No Grande Recife, ele assegurou que vai tirar do papel o Arco Metropolitano, ligando a Mata Norte ao Porto de Suape.

“Eu represento a Frente Popular e tenho o apoio do presidente Lula para que, juntos, possamos construir um novo tempo em Pernambuco. A gente viveu o melhor momento com Lula presidente e Eduardo governador e tivemos a honra de fazer parte dessa história, como secretário de Educação, e de ter iniciado uma revolução na educação do estado, que hoje é uma referência no Brasil. É esse o caminho que a gente quer perseverar e apontar novas mudanças e um novo tempo em Pernambuco”, afirmou Danilo.


Foto: Marcus Mendes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Justiça Eleitoral altera locais das secções do Teatro Municipal, AABB e Evany Patriota Cordeiro nas eleições deste ano

  Os eleitores santa-cruzenses que votam nas secções que fazem parte da Escola Evany Patriota Cordeiro (59, 60, 63, 68 e 72), na AABB (123, ...

Matérias mais vistas