Páginas

quarta-feira, 21 de setembro de 2022

Presa na Paraíba, mulher iria entregar cocaína para produzir 25 mil pedras de crack em Pernambuco

 

Droga era transporta em bexigas - Foto: Divulgação/PF

Uma mulher de 18 anos natural do Amapá foi presa pela Polícia Federal (PF) no Aeroporto Castro Pinto, localizado na cidade de Bayeux, Região Metropolitana de João Pessoa, na Paraíba, com 5,5 quilos de cocaína. A droga seria transformada em 25 mil pedras de crack e distribuída em pontos de tráfico na Região Metropolitana do Recife.

A prisão ocorreu no último sábado (17) e foi divulgada nesta terça-feira (20) pela Polícia Federal. A prisão da amapaense se deu durante fiscalização no terminal aéreo paraibano.

A mulher chegou ao aeroporto a partir de um voo com origem em Campo Grande (MS). A droga foi identificada entre roupas após a bagagem dela ser submetida ao raio-x.
"A cocaína estava dentro de bexigas de plástico e envolta em pó de café com o objetivo de tentar confundir a ação dos cães farejadores", explicou a PF na Paraíba, em nota.
A presa foi autuada por tráfico interestadual de drogas e, caso seja condenada, poderá pegar penas que variam de cinco a 15 anos de reclusão. Além da droga também foi apreendido um aparelho celular.

Motivação

Em interrogatório, a mulher disse que conheceu um homem em uma rede social, que teria indicado o repasse da droga. Ela falou também que resolveu aceitar a proposta pelo fato de sua mãe precisar de uma cirurgia para retirada de um cisto no útero. Por esse transporte, ela receberia R$ 5 mil.

A amapaense já passou por audiência de custódia, na qual foi confirmada sua prisão preventiva. Ela foi encaminhada para o presídio feminino de João Pessoa, onde está à disposição da Justiça Estadual da Paraíba.

Com informações da Folha PE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Pesquisa Ipec: Marília, 34%, Raquel, 15%, Miguel, 13%, Danilo, 13%, Anderson, 11%

  Pesquisa Ipec divulgada há pouco, encomendada pela Globo, mostra que Marília Arraes (Solidariedade) se manteve na liderança da disputa, co...

Matérias mais vistas