Páginas

sexta-feira, 28 de outubro de 2022

Pesquisa do Instituto Potencial aponta empate técnico: Raquel Lyra tem 50,3% e Marília Arraes, 46,5%

 Levantamento foi feito entre os dias 21 e 26 de outubro


Raquel Lyra e Marília Arraes - Reprodução

A segunda pesquisa para o Governo de Pernambuco realizada pelo Instituto Potencial em parceria com a Folha de Pernambuco aponta uma pequena subida (0,2%) de ambas as candidatas na intenção de votos estimulada. A ex-prefeita de Caruaru Raquel Lyra (PSDB) saiu de 50,1% para 50,3%, enquanto a deputada federal Marília Arraes (Solidariedade) pulou de 46,3% para 46,5%. O novo levantamento mantém o empate técnico no limite da margem de erro, que chega a 3,1 pontos percentuais para mais ou para menos. Mil pessoas, de 70 municípios, abrangendo todas as regiões do Estado, foram entrevistadas por telefone, do dia 21 de outubro de 2022 até ontem (26 de outubro).

A diferença também foi pequena entre os que ainda não sabem em quem votar: 2,5% contra 2,6% nos dados anteriores. A maior queda foi entre os que não quiseram responder. O primeiro levantamento registrou 0,4% e agora, 0,1%. Entre os primeiros entrevistados, 0,3% disse que vai anular o voto. O índice cresceu agora para 0,4%. O percentual se manteve entre os que afirmam votar em branco: 0,3%


Maioria das pessoas ouvidas é mulher (53,6%), contra 46,4% homens. O maior número (24,5%) se concentra na faixa etária de 45 a 59 anos e o menor (1,7%), entre 16 e 17 anos. A partir dos 70 anos, o eleitor não é mais obrigado a votar, mas 5,8% deles, até os 79 anos, e 26 com idade superior a 79 anos foram entrevistados. 20,7% têm de 25 a 34 anos e outros 20,7%, de 35 a 44. De 60 a 69 anos de idade, são 10,6%; 84 estão entre 21 e 24 anos, e 5% têm de 18 a 20 anos.

Sobre o grau de instrução, 25,5% pessoas disseram ter ensino médio completo; seguidas por 24,1% com fundamental incompleto; e 15,6% com ensino médico incompleto; 10,9% delas apenas leem e escrevem; 7,9% têm o superior completo, enquanto 6,7% se declararam analfabetas; 4,8% fizeram o fundamental completo e 4,5% não concluíram o ensino superior.

Entre os entrevistados, 59,4% afirmaram ter até dois salários mínimos como renda mensal familiar; 27,1% recebem mais de dois e até cinco salários mínimos; 8% falam em mais de cinco e até dez salários; e 5,5% consultados declararam renda mensal superior a dez salários mínimos.

A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), sob o nº PE-01529/2022

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Guarda Civil Municipal realizará tradicional Culto de Natal, em Santa Cruz do Capibaribe

  O efetivo da Guarda Civil Municipal de Santa Cruz do Capibaribe realizará um tradicional culto de natal, promovido pela guarnição. Na ocas...

Matérias mais vistas