Páginas

quarta-feira, 16 de novembro de 2022

Guilherme Coelho defende práticas sustentáveis da fruticultura brasileira em conferência da ONU

  "Somos auditados por empresas internacionais que fiscalizam desde os fertilizantes utilizados, até as condições de trabalho dos nossos colaboradores," comentou Guilherme.

A 27ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (COP-27), realizada em Sharm El Sheikh (Egito), entrou na sua última semana de encontros e debates a respeito de saídas para minimizar os impactos do aquecimento global sobre o planeta. O presidente da Associação Brasileira dos Produtores Exportadores de Frutas e Derivados (Abrafrutas), Guilherme Coelho, está representando a fruticultura brasileira no evento e participou, nesta terça-feira (15), do painel: Agricultura e Serviços Ambientais. 

Para Guilherme Coelho o mundo enfrenta o grande desafio de combater a fome sem causar ainda mais prejuízos para o meio ambiente. “Nós fruticultores brasileiros estamos conseguindo produzir com sustentabilidade e responsabilidade social. Somos auditados por empresas internacionais que fiscalizam desde os fertilizantes utilizados, até as condições de trabalho dos nossos colaboradores. E a tecnologia é fundamental nesse processo. Hoje dispomos de ferramentas que nos permitem oferecer apenas o que a planta precisa, evitando desperdícios seja de água ou de insumos, barateando os custos e respeitando o equilíbrio ambiental”, comentou.

O presidente da Abrafrutas ainda destacou o papel da fruticultura como geradora de empregos diretos e indiretos, e a inclusão da mão de obra feminina na produção de frutas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Guarda Civil Municipal realizará tradicional Culto de Natal, em Santa Cruz do Capibaribe

  O efetivo da Guarda Civil Municipal de Santa Cruz do Capibaribe realizará um tradicional culto de natal, promovido pela guarnição. Na ocas...

Matérias mais vistas