Páginas

terça-feira, 8 de novembro de 2022

Os institutos de pesquisa que mais erraram e acertaram o resultado do 2º turno

 Institutos sem credibilidade previram a vitória de Bolsonaro e foram os que mais erraram o resultado das urnas. Um deles ganhou milhares de seguidores durante a eleição, divulgando números favoráveis ao presidente derrotado. Após o resultado, perdeu 50 mil seguidores e fechou sua conta no Instagram. Por outro lado, uma pesquisa divulgada na véspera, 29 de outubro, praticamente cravou o resultado do dia seguinte



Por
Pragmatismo Político

Com o fim da eleição, as polêmicas que envolveram os institutos de pesquisa foram enterradas. O bolsonarismo radical, que antes exigia o fechamento das empresas, agora foca em pedir uma intervenção militar para Lula não assumir a Presidência.

No entanto, é inegável que as pesquisas formaram um capítulo importante na disputa presidencial de 2022. Tanto no primeiro como no segundo turno, alguns levantamentos se aproximaram do resultado, enquanto outros ficaram distantes e precisam ser questionados.

Quem mais errou

O ‘Brasmarket’ foi o que mais errou o resultado do segundo turno, como já havia acontecido também no primeiro (relembre aqui). O instituto divulgou um levantamento no sábado, 29 de outubro, em que Bolsonaro apareceu com 53,6% dos votos válidos e Lula 46,4%.

O Veritá seguiu a mesma linha e sempre apresentou números favoráveis a Bolsonaro durante toda a campanha e, por esta razão, ganhou milhares de seguidores da engajada militância bolsonarista. Na véspera da eleição, o instituto disse que Bolsonaro tinha 51,5% dos votos válidos e Lula 48,5%.

O curioso é que o Veritá tinha menos de 50 mil seguidores quando as eleições começaram, mas ao final do pleito acumulava cerca de 220 mil. Após a eleição de Lula no domingo, os mesmos bolsonaristas que potencializaram nas redes os números do Veritá foram tirar satisfações com o instituto, que fechou sua página no Instagram e só abriu novamente dias depois, quando a poeira baixou.

Quem mais acertou

Na véspera da eleição, o Datafolha mostrou Lula com 52% dos votos válidos e Bolsonaro com 48%. A pesquisa Genial/Quaest também revelou os mesmos números. Os dois institutos acertaram, dentro da margem de erro.

Mas a pesquisa que mais se aproximou do resultado das urnas foi a CNT/MDA. No sábado (29), o levantamento divulgado pelo Pragmatismo apontou Lula com 51,1% e Bolsonaro com 48,9%. O instituto praticamente cravou o resultado, uma vez que os números oficias foram 50,9% a 49,1%.

Também disseram que Lula seria eleito presidente os institutos Ipespe, Ipec, Atlas/Intel e PoderData. Todos, porém, ficaram mais distantes do resultado final.

BRASMARKET
Lula: 46,4%
Bolsonaro: 53,6%
erro total: 9 pontos

Ipec:
Lula: 54%
Bolsonaro: 46%
erro total: 6,2 pontos

Ipespe:
Lula: 53%
Bolsonaro: 47%
erro total: 4,2 pontos

DATAFOLHA
Lula: 52%
Bolsonaro: 48%
erro total: 2,2 pontos

GENIAL/QUAEST
Lula: 52%
Bolsonaro: 48%
erro total: 2,2 pontos

CNT/MDA
Lula: 51,1%
Bolsonaro: 48,9%
erro total: 0,4 pontos

 Paraná Pesquisa 

Lula: 50,7%
Bolsonaro: 49,3%
erro total: 0,4 pontos


RESULTADO OFICIAL
Lula: 50,9%
Bolsonaro: 49,1%

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Guarda Civil Municipal realizará tradicional Culto de Natal, em Santa Cruz do Capibaribe

  O efetivo da Guarda Civil Municipal de Santa Cruz do Capibaribe realizará um tradicional culto de natal, promovido pela guarnição. Na ocas...

Matérias mais vistas