Páginas

quarta-feira, 25 de janeiro de 2023

Homem é preso com 200 quilos de maconha que seria vendida durante o carnaval no Grande Recife

 Prisão aconteceu em Paulista. Também foram apreendidas 20 munições de arma de fogo com o criminoso.


Maconha que seria vendida no carnaval, no Grande Recife — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Um homem de 20 anos foi preso pela Polícia Civil com 200 quilos de maconha. A droga, segundo a corporação, seria distribuída e vendida durante o carnaval, em cidades do Grande Recife. Com o criminoso, também foram encontradas 20 munições de arma de fogo.

A prisão aconteceu em Paulista, no Grande Recife, na segunda-feira (23). Os detalhes da operação foram divulgados nesta terça (24), durante entrevista coletiva na sede da Polícia Civil, no Centro do Recife. O preso não teve o nome divulgado.

O delegado Mamedes Oliveira, um dos responsáveis pela investigação, contou que os policiais fizeram uma campana para capturar o suspeito. No momento da prisão, ele estava com parte da droga e confessou o crime. Disse, no entanto, que receberia R$ 1 mil para fazer o transporte da maconha.

"A gente tem a informação de que realmente essa droga seria para o carnaval, não necessariamente para o Litoral Sul, mas para toda Região Metropolitana do Recife. [...] Estava muito fácil, [a droga] estava em cima do banco, dentro de duas caixas. Abrimos as caixas e constatamos que existia o entorpecente no local", disse.

O criminoso, então, informou aos policiais o endereço da casa dele e contou que lá havia mais uma quantidade de droga escondida. "Lá foi constatado que havia 164 quilos de droga, o que, no total, dá um prejuízo de aproximadamente R$ 200 mil para o tráfico de drogas", afirmou o delegado.

O homem, segundo o delegado, vai responder pelos crimes de tráfico de drogas e posse ilegal de munições, com penas que variam, respectivamente, de cinco a 15 anos de prisão e de até quatro anos de detenção.

Por g1 PE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Chacina em São João: bebê e outras quatro pessoas são assassinadas a tiros; outras sete ficam feridas

  Crime aconteceu na noite da quinta-feira (26) e foi motivado por 'rixa entre grupos ligados ao tráfico de drogas', segundo o gover...