Páginas

sexta-feira, 29 de setembro de 2023

Pena de Nino Paraíba devido a esquema de apostas aumenta para 720 dias de suspensão e multa R$ 100 mil

 

O jogador de futebol Nino Paraíba teve a pena aumentada para 720 dias de suspensão e multa de R$ 100 mil por envolvimento em esquema de apostas no futebol, com participação em três partidas da Série A de 2022, quando defendia o Ceará.

A reforma da nova sentença foi determinada pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Antes, o atleta tinha sido punido em 480 dias e pagamento de multa no valor de R$ 40 mil.

Outros onze jogadores denunciados na Operação Penalidade Máxima também foram julgados nesta quinta-feira (28). A punição mais severa foi aplicada ao lateral-esquerdo Diego Porfírio, que foi banido do futebol e terá que pagar multa de R$ 60 mil.

Veja a lista dos atletas julgados:

  • Nino Paraíba (atualmente sem clube) – 720 dias e 100 mil (ambas aumentadas)
  • Igor Cariús (atualmente no Sport) – 360 dias e R$ 40 mil (ambas reduzidas)
  • Bryan Garcia (atualmente no Independiente Del Valle) – 360 dias e 50 mil (multa aumentada)
  • Diego Porfírio (sem clube) – Eliminação do futebol e R$ 60 mil (pena aumentada e multa reduzida)
  • Alef Manga (atualmente no Pafos, do Chipre) – R$ 360 dias e R$ 50 mil (multa aumentada)
  • Vitor Mendes (atualmente no Fluminense) – 720 dias e R$ 70 mil (ambas aumentada)
  • Sávio (atualmente no Rio Ave) – R$ 360 dias e R$ 30 mil (ambas mantidas)
  • Dadá Belmonte (atualmente no Chornomorets, da Ucrânia) – 600 dias e R$ 70 mil (pena reduzida)
  • Thonny Anderson (atualmente no ABC) – sem punição em dias e 40 mil (ambas mantidas)
  • Jesus Trindade (atualmente no Barcelona, do Equador) – absolvido (mantido)
  • Sidcley (atualmente no Lamia, da Grécia) – absolvido (mantido)
  • Pedrinho (atualmente no Shakhtar Donetsk, da Ucrânia) – absolvido (mantido)

ClickPB

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Em um mês, número de casos de Covid-19 cresceu quase 800% em Pernambuco, diz Secretaria de Saúde

  De acordo com o governo do estado, 97% das notificações são de casos leves. Apenas 13% das pessoas tomaram a vacina bivalente. Imagem de ...