Páginas

sexta-feira, 6 de outubro de 2023

Polícia Civil encontra corpos dos suspeitos de assassinar médicos no Rio

 Os médicos Marcos de Andrade Corsato, Perseu Ribeiro Almeida e Diego Ralf Bomfim foram assassinados a tiros em um quiosque no Rio



Polícia Civil do Rio de Janeiro (PCRJ) localizou, no fim da noite dessa quinta-feira (5/10), quatro corpos. Segundo informações do setor de inteligência do órgão, dois deles seriam de suspeitos de executar três médicos em um quiosque na Barra da Tijuca, na zona oeste da capital.

Três corpos estavam dentro de um carro na Rua Abrahão Jabour, nas proximidades do Riocentro; e outro, em um segundo veículo, na Rua da Gardênia, no bairro Gardênia Azul.

Os médicos Marcos de Andrade Corsato, Perseu Ribeiro Almeida e Diego Ralf Bomfim foram assassinados a tiros em um quiosque na orla do Rio de Janeiro na madrugada dessa quinta. O médico Daniel Sonnewend Proença também estava com o grupo, mas sobreviveu aos ferimentos e está internado na capital carioca.

A suspeita da polícia é que Perseu Almeida teria sido confundido com o miliciano Taillon de Alcântara Pereira Barbosa, filho do Dalmir Pereira Barbosa, apontado como chefe da milícia de Rio das Pedras.

O Metrópoles apurou que líderes do Comando Vermelho (CV) ficaram indignados com o erro dos comparsas e temerosos de que o crime provocasse um revide brutal das autoridades. Assim, os assassinos dos médicos, supostamente, teriam sido submetidos a um “tribunal do crime” que lhes imputou a pena de morte.

facção teria feito questão de não sumir com os corpos para evitar especulações e para que o caso não ficasse sem um desfecho.

Médico Daniel Sonnewend Reprodução/Redes sociais

A suspeita da PC é que os corpos encontrados em Jacarepaguá sejam de criminosos envolvidos na morte dos três médicos Arthur Guimarães/Metrópoles

A polícia encontrou três corpos em Jacarepaguá Arthur Guimarães/Metrópoles

Na Gardênia Azul, a polícia investiga o que aconteceu Arthur Guimarães/Metrópoles

O corpo de Lesk foi encontrado na Gardênia Azul Arthur Guimarães/Metrópoles

O veículo foi alvo de diversos tiros Arthur Guimarães/Metrópoles

Philip Motta é conhecio como Lesk e teria sido o responsável pela execução dos médicos Reprodução/TV Globo

Ryan Nunes de Almeida é suspeito de estar envolvido em execução de médicos no Rio Reprodução/TV Globo

O médico Perseu Ribeiro de Almeida, 33 anos, morto no Rio de Janeiro Reprodução

Médico paulista Marcos Andrade Corsato, 6 anos, executado em quiosque do Rio de Janeiro Reprodução/Redes Sociais

O ortopedista Diego Bomfim Reprodução

Médico Daniel Sonnewend Reprodução/Redes sociais

A suspeita da PC é que os corpos encontrados em Jacarepaguá sejam de criminosos envolvidos na morte dos três médicos Arthur Guimarães/Metrópoles
VoltarProgredir1
1234567891011
Os suspeitos identificados por matarem médicos

A suspeita da Polícia Civil do RJ é que Philip Motta, o Lesk, ex-integrante da milícia Gardênia Azul e membro do Comando Vermelho, seria o responsável pelo assassinato dos três médicos. Segundo fontes, o corpo de Lesk teria sido encontrado na Gardênia.

Foragido da Justiça do Rio, Lesk teve a prisão preventiva decretada por crime de associação para o tráfico em setembro de 2019. Ele também é apontado como integrante de um grupo paramilitar que atua na zona oeste.

O outro corpo é de Ryan Nunes de Almeida, que integrava o grupo liderado por Lesk.

Os demais corpos não haviam sido identificados até a última atualização desta reportagem e não se sabe se estão relacionados ao assassinato dos médicos.

O grupo de Taillon estaria em guerra com o Comando Vermelho pelo controle de bairros da zona oeste carioca. Os executores teriam recebido a informação de que o miliciano estaria em um quiosque na Barra da Tijuca, perto de sua casa, e decidiram, então, assassiná-lo.

Guimarães/Metrópoles

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Kassab nega que tenha convidado Raquel, mas afirma que o PSD está de portas “escancaradas” para a governadora

  Em entrevista ao programa Cidade em Foco, da Rede Pernambuco de Rádios, e ao blog, o presidente nacional do PSD, ex-ministro e atual secre...