Páginas

PROGRAMA A VOZ DA ZONA RURAL - PARA FM

sexta-feira, 29 de dezembro de 2023

CONDENADO POR MORTE DE ENFERMEIRA EM ALAGOAS ESTAVA SOLTO E FOI ASSASSINADO EM SERRA TALHADA/PE

 O condenado também respondia por tentativa de homicídio na cidade de Garanhuns/PE, onde foi preso, quando estava foragido de Alagoas pela morte da enfermeira.

Um indivíduo envolvido em crimes de homicídio e tentativa de homicídio nos Estados de Alagoas e Pernambuco foi assassinado com vários tiros na manhã desta quinta-feira, 28, na Av. João Kehrlle, no bairro Ipsep, em Serra Talhada/PE. A vítima foi identificada como Davi Rodrigues dos Santos, 32 anos, vulgo “Davi Boiadeiro”, que estava residindo na cidade há cerca de dois meses.

Davi havia sido condenado por assassinar uma enfermeira no Estado de Alagoas e respondia por tentativa de homicídio em Garanhuns, no Agreste de Pernambuco, onde foi preso pela morte da enfermeira em 2018. Conforme a polícia, populares acionaram a central de operações do batalhão e informaram que havia uma pessoa alvejada por disparos de arma de fogo caída numa calçada. Quando o policiamento chegou ao endereço, a vítima estava em óbito e foi identificada. Na cabeça, havia várias perfurações por disparo de arma de fogo. Ninguém da localidade comentou como o crime aconteceu.

Diante do ocorrido, as polícias Civil e Científica foram acionadas para dar início aos procedimentos investigativos, sendo o corpo encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML) da cidade de Caruaru, também no Agreste do Estado.

Davi Boiadeiro havia sido condenado pela justiça de Alagoas a 16 anos e 6 meses de prisão pela morte da enfermeira Mércia Lasdislau Gomes. O crime ocorreu em 2015, durante uma confusão na porta da casa da vítima, na cidade de Batalha, no Sertão de Alagoas. Apesar da condenação, o indivíduo estava solto e convivendo tranquilamente em meio à sociedade, e o motivo da liberdade não foi informado pela polícia.

Em julho de 2018, Davi Boiadeiro foi preso em flagrante durante uma tentativa de homicídio na Rua Presidente Castelo Branco, no bairro da Liberdade em Garanhuns. Ele atirou várias vezes com uma pistola contra um homem de 42 anos, com quem estava bebendo em um bar naquela localidade. Uma confusão também teria gerado o crime naquele dia. Policiais do 9º batalhão foram acionados após o crime e conseguiram prender o suspeito em flagrante. Após verificar os dados do indivíduo no sistema, foi constatado que havia um mandado de prisão contra ele por crime de homicídio, referente à enfermeira Mércia Lasdislau, em Alagoas. Relembre aqui!

Assim, a prisão foi concluída em relação aos dois crimes. O preso foi encaminhado para o Estado de Alagoas, onde acabou sendo condenado pela morte da enfermeira. No entanto, atualmente, ele estava solto, por motivo ainda não conhecido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Balanço: 4 pessoas são baleadas e duas morrem em Brejo da Madre de Deus

  Foto: Reprodução/Estação Notícias Registrados 7 homicídios nesta terça-feira (27) em Pernambuco. Entre as vítimas, uma mulher. Com estas m...