Páginas

PROGRAMA A VOZ DA ZONA RURAL - PARA FM

sábado, 23 de dezembro de 2023

Governo de Pernambuco e Ministério de Portos e Aeroportos lançam licitação para obras de dragagem no canal interno do Porto de Suape

 


A assinatura do edital foi feita pela governadora Raquel Lyra e pelo ministro de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho

Para potencializar a movimentação de cargas do Porto de Suape, o Governo de Pernambuco, em conjunto com o Ministério de Portos e Aeroportos, lançou o edital de licitação da obra de dragagem do canal interno do atracadouro. Nesta sexta-feira (22), no Palácio do Campo das Princesas, a governadora Raquel Lyra e o ministro de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho, assinaram o edital, que será publicado neste sábado (23) no Diário Oficial da União e no Diário Oficial do Estado. A vice-governadora Priscila Krause também acompanhou a solenidade. As intervenções serão para aprofundar o canal para que embarcações de grande porte possam atracar com capacidade máxima. Ao todo, as obras terão custo estimado de R$ 204 milhões, sendo R$ 103 milhões oriundos do Governo do Estado e R$ 101 milhões do Governo Federal.

“A gente não pode fazer o nosso Estado voltar a crescer sem investir em infraestrutura e o Porto de Suape é estratégico para o desenvolvimento de Pernambuco. Assinamos o edital junto com o Ministério de Portos e Aeroportos para garantir investimentos que vão trabalhar na dragagem interna, por isso também agradeço ao presidente Lula. Teremos um porto muito mais capaz de receber navios maiores melhorando a nossa capacidade de importação e exportação e, com isso, movimentando mais a nossa economia, reposicionando Pernambuco no âmbito da questão logística no Brasil e no mundo”, destacou a governadora Raquel Lyra.

Com a intervenção, o canal passará a ter profundidade de 16,2 metros, permitindo a atracação de porta-contêineres de 366 metros de comprimento e de outras embarcações com capacidade máxima, gerando aumento exponencial no volume de cargas movimentadas no porto. Atualmente apenas navios com calado de 12,1 metros podem acessar o atracadouro no período do inverno, na maré zero.

“Ninguém pode falar em desenvolvimento econômico e geração de renda se nós não falarmos no papel do protagonismo do Porto Suape. Essa dragagem significa novos navios vindo para o porto, ampliando a competitividade do Porto de Suape em relação a outros portos do Nordeste. Eu tenho certeza que todos esses investimentos vão voltar a colocar Suape na onda de protagonismo no Nordeste como indutor de crescimento”, ressaltou o ministro de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho.

Nas obras, haverá a remoção de 3,8 milhões de metros cúbicos de areia e lama, liberando o canal para a atracação de navios de grande porte com eficiência e segurança. Os sedimentos removidos pela draga no fundo do mar vão ser encaminhados para área de bota-fora, operação devidamente licenciada pelos órgãos de fiscalização. O mesmo edital contempla a dragagem de manutenção da bacia de evolução dos píeres de granéis líquidos 3A e 3B, para 18,5 metros.

“Hoje é um dia de muita alegria e muito alívio porque sabemos do tamanho da complexidade de se fazer essas obras. Estamos realizando os ideais de grandeza que estão no Porto de Suape”, registrou o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Guilherme Cavalcanti. O diretor-presidente do Porto de Suape, Marcio Guiot, frisou que “considera essa a grande iniciativa para posicionar Suape como um hub onde os grandes navios poderão entrar e sair”, complementou.

O processo licitatório da nova dragagem deverá ser concluído no primeiro trimestre de 2024 e o início das obras coincidirá com a finalização das intervenções no canal externo – que está em obras no momento –, potencializando as operações com granéis líquidos (petróleo cru e derivados), que colocam Suape na liderança nacional. A expectativa é de que as intervenções do canal interno tenham duração de oito meses.

A dragagem do porto é um grande passo para potencializar a operação de todos os píeres e cais, além dos dois terminais de contêineres (o segundo começa a operar em 2026). O conjunto das intervenções, que atende a padrões internacionais de segurança e às exigências da legislação ambiental, colocará Suape ainda mais em posição de destaque no cenário global, estimulando a atração de novas rotas marítimas e permitindo a atracação das maiores categorias de navios do mundo com capacidade máxima de carga.

Participaram da solenidade o deputado federal Coronel Meira, os estaduais Romero Sales e Mário Ricardo, além da prefeita de Camaragibe, Nadegi Queiroz, do secretário nacional de Portos e Transportes Aquaviários do Ministério de Portos e Aeroportos, Alex Sandro de Ávila, e do presidente da Adepe, André Teixeira. Os secretários estaduais Simone Nunes (Desenvolvimento Urbano e Habitação), Daniel Coelho (Turismo e Lazer), Cristiane Andrade (Desenvolvimento Profissional e Empreendedorismo), Fernando Holanda (Assessoria Especial), Hercílio Mamede (Casa Militar), Carolina Cabral (Projetos Especiais) e Bianca Teixeira (Procuradoria Geral do Estado) acompanharam Raquel e Priscila no evento.

Fotos: Hesíodo Góes/Secom

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Impacto Devastador da CPI nas Pretensões Políticas de Capilé

  Santa Cruz do Capibaribe - A recente conclusão da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Reforma da Câmara em Santa Cruz do Capibaribe...