Páginas

PROGRAMA A VOZ DA ZONA RURAL - PARA FM

quarta-feira, 24 de janeiro de 2024

Homem que sobreviveu a injeção letal após ter pena de morte decretada nos Estados Unidos, será executado por asfixia

Kenneth Smith, um homem de 58 anos condenado à pena de morte nos Estados Unidos, sobreviveu a tentativas anteriores de execução. Após dificuldades em encontrar uma veia adequada para a injeção letal, uma nova execução por asfixia com gás nitrogênio foi marcada para 25 de janeiro.

Essa será a primeira vez que esse método será utilizado nos EUA. Smith foi condenado por assassinar uma mulher em 1998, a mando do marido, um pastor que, segundo a acusação, se suicidou. O juiz rejeitou os recursos da defesa, que argumenta sobre a dor causada pela injeção letal e alega que Smith está sendo usado como “cobaia” em um método experimental.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Impacto Devastador da CPI nas Pretensões Políticas de Capilé

  Santa Cruz do Capibaribe - A recente conclusão da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Reforma da Câmara em Santa Cruz do Capibaribe...