Páginas

PROGRAMA A VOZ DA ZONA RURAL - PARA FM

sexta-feira, 26 de janeiro de 2024

Nova variante do coronavírus infecta moradora do Recife; saiba como se prevenir

 Secretaria Estadual de Saúde reforça a importância da dose de reforço

A Pirola foi detectada pela primeira vez em julho de 2023 na Dinamarca (Foto: Sandy James/DP)

A nova linhagem da Ômicron, tipo de variante do novo coronavírus, foi identificada em Pernambuco nesta semana. O primeiro caso de infecção pela linhagem JN.1 (Pirola), foi confirmado pela Secretaria Estadual de Saúde nesta quinta-feira (28). A pessoa infectada é uma mulher de 49 anos que mora no Recife.

A amostra dela foi coletada no dia 11 de dezembro, e a análise genômica, processada pelo Instituto Aggeu Magalhães (IAM/Fiocruz-PE). O instituto analisou 46 exemplares coletados em seis cidades do estado: Recife, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Ouricuri, Paulista e Salgueiro.

Destes exemplares colhidos, 30 foram processados com qualidade e reconhecidos como pertencentes às linhagens e sublinhagens da Ômicron (B.1.1.529-like e BA-like), que correspondem ao genoma Pirola.

A Pirola foi detectada pela primeira vez em julho de 2023 na Dinamarca e possui mais de 35 mutações em partes importantes do vírus. Ela é considerada “uma variante de interesse” pela Organização Mundial da Saúde (OMS) pois tem uma transmissão acentuada.

Apesar disso, as vacinas contra Covid-19 são eficazes no combate a esta linhagem do vírus. A Secretaria Estadual de Saúde destacou que recomendou à população que buscasse a dose de reforço com a vacina bivalente para pessoas com mais de 60 anos e imunocomprometidos acima de 12 anos com a última dose da vacina há mais de 6 meses.

O aumento de casos da doença no estado pode estar atrelado à baixa procura pela dose de reforço. De acordo com a SES, a cobertura da vacina bivalente contra Covid-19 está em 15,08% em Pernambuco.

Por meio de nota, a secretaria ressalta que “seguirá monitorando o cenário epidemiológico para Covid-19, assim como o acompanhamento da circulação de variantes da doença no território pernambucano, em parceria com o Instituto Aggeu Magalhães".

Saiba onde receber a vacina na Região Metropolitana

Pernambuco registrou quase 2,5 mil casos de Covid-19 entre os dias 17 e 23 de dezembro. Destes, 38 foram graves e uma pessoa morreu em decorrência do vírus. Para prevenir a infecção pelo vírus e o agravamento dos sintomas, é importante que a população esteja vacinada.

Moradores da Região Metropolitana do Recife possuem diversas opções de locais que oferecem a vacina contra Covid-19. A Prefeitura do Recife disponibiliza uma página com os locais onde a população pode receber as doses das vacinas. Confira aqui.

Para o público geral, é preciso agendar a vacinação por meio do site Conecta Recife. O agendamento não é obrigatório para grupos prioritários, como idosos, gestantes, pessoas com deficiência e crianças de até 5 anos.

Quem deseja se vacinar em Olinda pode se dirigir aos pontos de vacinação sem a necessidade de agendamento. As unidades de saúde da cidade atendem de segunda à sexta, das 8h às 16h.

Já quem mora em Jaboatão dos Guararapes pode acessar o site De Olho na Consulta para saber qual a unidade de saúde mais próxima. Elas abrem de segunda à sexta, das 7h às 15h e não há necessidade de agendamento.

Diário de Pernambuco

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Congo: mais duas comunidades rurais recebem água encanada

  Na tarde desta quinta-feira (22), mais duas comunidades receberam água encanada no município do Congo, desta vez as torneiras foram aberta...