Páginas

PROGRAMA A VOZ DA ZONA RURAL - PARA FM

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2024

DOIS FOGEM DE PRESÍDIO DE SEGURANÇA MÁXIMA NO RN; CASO É O PRIMEIRO EM UNIDADES FEDERAIS

 

Dois presos fugiram da Penitenciária Federal de Mossoró, localizada no interior do Rio Grande do Norte. A informação foi confirmada pela Secretaria de Estado da Segurança da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), que foi notificada no começo da manhã desta quarta-feira, 14, e agora auxilia nas buscas pelos fugitivos, inclusive com o uso de helicópteros.

É a primeira fuga registrada na história do sistema penitenciário federal, onde também estão membros do alto escalão de facções como Comando Vermelho (CV) e Primeiro Comando da Capital (PCC). Atualmente, são cinco presídios deste tipo no País: além de Mossoró, há unidades também em Catanduvas (PR), Campo Grande (MS), Porto Velho (RO) e Brasília (DF). A primeira unidade, em Catanduvas, foi inaugurada em junho de 2006.

A Secretaria Nacional de Políticas Penais (Senappen) informou que o secretário André Garcia está a caminho de Mossoró para investigar os fatos e apurar as responsabilidades do ocorrido. Os nomes dos fugitivos ainda não foram confirmados.

“A Polícia Federal foi acionada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública e está tomando todas as providências necessárias para a recaptura dos foragidos e a apuração das circunstâncias da fuga”, acrescentou a pasta.

A Sesed afirmou ainda que, juntamente com a Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Seap), está “dando total apoio” ao Sistema Prisional Federal. Segundo a pasta, dois helicópteros auxiliam nas buscas: o Potiguar 02, que está em Mossoró, e o Potiguar 01, que permanece em Natal.

“O governo do Estado já fez contato com as secretarias de Segurança Pública da Paraíba e do Ceará para a realização de ações integradas de reforço policial nas divisas entre os Estados”, disse a Secretaria de Estado da Segurança da Segurança Pública.

Ainda conforme a pasta, o Rio Grande do Norte não registra fugas em suas unidades prisionais desde 2021. Alguns anos antes, em 2017, o Estado assistiu a uma rebelião generalizada no presídio de Alcaçuz, na Grande Natal, em ofensiva que deixou ao menos 26 presos mortos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Mecânico é morto a tiros em plena luz do dia no bairro Boa Esperança, em Brejo da Madre de Deus

  Mais um crime de morte aconteceu no bairro Boa Esperança, em Brejo da Madre de Deus, no Agreste de Pernambuco. Nesta terça-feira, 23 de ab...