Páginas

PROGRAMA A VOZ DA ZONA RURAL - PARA FM

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2024

JUSTIÇA FEDERAL CONCEDE PENSÃO ESPECIAL À ÓRFÃ DE VÍTIMA DE FEMINICÍDIO NO SERTÃO DE PE

 

A Justiça Federal em Pernambuco (JFPE) concedeu pensão especial à uma criança órfã, natural de Ipubi, no Sertão do estado. O benefício, dado aos filhos e dependentes, crianças ou adolescentes, órfãos em razão do crime de feminicídio, foi concedido em sentença do juiz federal substituto da 27ª Vara Federal, Henrique Jorge Dantas da Cruz, no último domingo (18).

Com a sentença, o INSS fica condenado a iniciar o pagamento do benefício até o dia 15 de março de 2024, sendo retroativo a 31 de outubro de 2023, data de vigência da Lei 14.717/2023. Os nomes das partes foram resguardados em cumprimento à Lei n° 13.709/2018 (LGPD), que protege os direitos fundamentais de liberdade e de privacidade de cada indivíduo.

Julgamento

Em julho de 2020, a mãe da criança foi assassinada pelo companheiro no município de Ipubi. Na época, a filha do casal possuía 5 anos e ficou órfã, passando a residir com a avó materna, que obteve a guarda legal da criança. Após o caso, a representante da criança entrou com pedido de pensão por morte junto ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e teve o benefício negado, visto que a filha não era segurada da previdência social.

Mediante a negativa do INSS, a mãe da vítima e avó da criança entrou com ação na JFPE, na Subseção de Ouricuri, solicitando o benefício em nome da neta. O pedido foi negado pela JFPE pois, de acordo com os documentos apresentados e autos do processo, a vítima “não complementou as contribuições, motivo pelo qual não tinha a qualidade de segurada do Regime Geral de Previdência Social”.

No entanto, após a sanção da lei que prevê o pagamento de pensão especial no valor de um salário mínimo a crianças e adolescentes de até 18 anos de idade, órfãos de mulheres vítimas do crime de feminicídio, os advogados da autora solicitaram a mudança do pedido de pensão por morte para a pensão especial prevista na nova norma, pleito que foi deferido pelo magistrado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Mecânico é morto a tiros em plena luz do dia no bairro Boa Esperança, em Brejo da Madre de Deus

  Mais um crime de morte aconteceu no bairro Boa Esperança, em Brejo da Madre de Deus, no Agreste de Pernambuco. Nesta terça-feira, 23 de ab...