Páginas

PROGRAMA A VOZ DA ZONA RURAL - PARA FM

quinta-feira, 21 de dezembro de 2023

Os aplicativos que não deve usar numa rede pública de Wi-Fi

 


 Este tipo de rede não conta com as proteções que encontra, por exemplo, em redes privadas

Não é exagero dizer que temos praticamente toda a nossa vida no celular. De contatos, mensagens pessoais, calendários, informações bancárias a documentos oficiais, é justo afirmar que nossas informações mais sensíveis estão praticamente todas presentes em nossos celulares.

É por isso que é especialmente importante tomar cuidado com o tipo de uso que damos ao nosso celular, especialmente as redes Wi-Fi às quais nos conectamos. As redes públicas são especialmente desaconselháveis, pois não contam com as proteções de segurança encontradas, por exemplo, em redes privadas.

Portanto, há certas atividades que você pode querer evitar enquanto usa um celular conectado a uma rede pública. Mais especificamente, há certos aplicativos cujo uso é desaconselhável ao usar esse tipo de conexão à Internet.

Abaixo, você pode conferir os tipos de aplicativos que você deseja evitar usar com o celular conectado a uma rede pública, garantindo assim a segurança de seus dados.

1. Aplicativos bancários

Aplicativos bancários geralmente armazenam informações financeiras sensíveis, como números de contas, números de cartão de crédito e senhas. Se você usar um aplicativo bancário em uma rede pública, um hacker pode interceptar essas informações e usá-las para roubar seu dinheiro.

2. Aplicativos com senhas

Aplicativos que armazenam senhas, como gerenciadores de senhas e aplicativos de login social, também são alvos atraentes para hackers. Se você usar um aplicativo com senhas em uma rede pública, um hacker pode interceptar suas senhas e usá-las para acessar suas contas online.

3. Aplicativos de lojas

Aplicativos de lojas geralmente solicitam informações de pagamento, como números de cartão de crédito e endereços de cobrança. Se você usar um aplicativo de loja em uma rede pública, um hacker pode interceptar essas informações e usá-las para fazer compras online em seu nome.

4. Aplicativos para compartilhar arquivos e arquivos

Aplicativos para compartilhar arquivos e arquivos, como Google Drive e Dropbox, permitem que você compartilhe arquivos com outras pessoas. Se você usar um aplicativo para compartilhar arquivos e arquivos em uma rede pública, um hacker pode interceptar os arquivos que você compartilha e usá-los para fins maliciosos.

5. Aplicativos com documentos

Aplicativos com documentos, como Adobe Acrobat Reader e Microsoft Word, permitem que você visualize e edite documentos. Se você usar um aplicativo com documentos em uma rede pública, um hacker pode interceptar os documentos que você visualiza ou edita e usá-los para fins maliciosos.

Aqui estão algumas dicas para manter seus dados seguros enquanto usa um celular conectado a uma rede pública:

– Evite usar aplicativos que armazenam informações sensíveis, como aplicativos bancários, aplicativos com senhas e aplicativos de lojas.
–  Se você precisar usar um desses aplicativos, use uma VPN para criptografar sua conexão.
–  Desative o Wi-Fi quando não estiver usando-o.
– Mantenha seu sistema operacional e aplicativos atualizados para as últimas versões.

Fique por dentro das novidades sobre tecnologia clicando AQUI!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Balanço: 4 pessoas são baleadas e duas morrem em Brejo da Madre de Deus

  Foto: Reprodução/Estação Notícias Registrados 7 homicídios nesta terça-feira (27) em Pernambuco. Entre as vítimas, uma mulher. Com estas m...