Páginas

PROGRAMA A VOZ DA ZONA RURAL - PARA FM

terça-feira, 12 de dezembro de 2023

Primo diz ter matado menina de 4 anos após ela “chorar” ao ser estuprada, no RJ


 Um homem identificado como Reynaldo Rocha Nascimento, foi preso por policiais civis no último domingo (10), suspeito pelo assassinato de Kemilly Hadassa Silva, de apenas 4 anos. Em depoimento, ele confessou que decidiu matar a menina porque ela começou a chorar depois de ser estuprada.

De acordo com o depoimento do imputado, a garotinha começou a chorar e ele para evitar chamar atenção, começou a degolar a criança, mas voltou atrás e decidiu enforcá-la.

Depois, com ajuda da própria mãe, ele escondeu o corpo da menina em um saco de ração e jogou no meio do lixo, às margens de um valão, localizado na Beira-Rio, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense (RJ).

De acordo com a Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), Reynaldo Rocha Nascimento é primo de Suellen da Silva, mãe de Kemilly.

Kemilly Hadassa estava desaparecida desde a madrugada de sábado (09), quando dormia com os irmãos de 7 e 8 anos no bairro do Cabuçu, em Nova Iguaçu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Balanço: 4 pessoas são baleadas e duas morrem em Brejo da Madre de Deus

  Foto: Reprodução/Estação Notícias Registrados 7 homicídios nesta terça-feira (27) em Pernambuco. Entre as vítimas, uma mulher. Com estas m...