Páginas

PROGRAMA A VOZ DA ZONA RURAL - PARA FM

quinta-feira, 25 de janeiro de 2024

Oposições caminham para a união. Chapa defendida é Alan prefeito e Alessandra vice

 

As oposições em Santa Cruz do Capibaribe caminham para uma coalizão vislumbrando uma chapa competitiva para as eleições deste ano. Nesta quarta-feira (24), o Grupo Verde se reuniu com o presidente do Partido Progressista, o deputado federal Eduardo da Fonte, que hoje se comporta como desafeto do prefeito Fábio Aragão (sem partido), que recentemente se desfilou da sigla.

Confira abaixo os principais pontos apurados pelo Blog do Ney Lima:

Chapa será encabeçada por Alan Carneiro e vaga de vice será indicada pelo Grupo Azul

O deputado Eduardo da Fonte defendeu veementemente que a composição majoritária tenha os nomes de Alan Carneiro para prefeito e da ex-deputada estadual Alessandra Vieira para vice. Membros do Grupo Verde que até então se mostravam resistentes a essa composição, passaram a entender como viável, no ponto de vista eleitoral.

Alan Carneiro foi “pressionado” pela rápida definição da candidatura.

Na reunião com Eduardo da Fonte, Alan Carneiro foi fortemente pressionado a definir a candidatura a prefeito. De acordo com informações obtidas pelo Blog, o empresário sustentou que tomará a decisão e tornará pública em poucos dias. A ideia é que os grupos já caminhem juntos durante o carnaval.

“Se o candidato a prefeito for Alan e o outro grupo indicar o vice, não vou colocar dificuldade”, afirma Dida de Nan ao Blog do Ney Lima

Após ouvir várias fontes que confirmaram os pontos articulados pelos grupos Azul e Verde, o Blog do Ney Lima entrou em contato com Dida de Nan, que recentemente migrou de um grupo para o outro na perspectiva de compor a chapa majoritária.

Ao blog, Dida afirmou que “se o candidato a prefeito for Alan e o outro grupo indicar o candidato a vice (…)”, não vai colocar empecilhos. Dida confirmou que seu posicionamento foi frisado durante a reunião com Eduardo da Fonte.

Questionado se poderá ser concorrer ao mandato de vereador Dida afirmou que irá, caso a união se confirme, mas não afastou a possibilidade, reafirmando a intenção de somar.

Da Fonte é o elo da articulação e não exigiu compromissos para 2026

De acordo com as fontes ouvidas pelo Blog, o deputado Eduardo da Fonte tem assumido uma posição de “elo de união” entre os dois grupos oposicionistas. O líder do PP não exigiu apoio político para deputado federal na eleição de 2026.

Aliança conduzida por Eduardo da Fonte poderá envolver o Governo do Estado

Ainda não é clara a posição da governadora Raquel Lira (PSDB) para o próximo pleito em Santa Cruz do Capibaribe. Nesse cenário Eduardo da Fonte tenta articular que a possível chapa de oposições em Santa Cruz tenha o apoio da governadora do estado. O Partido Progressista é tido com mais decisivo para atender os anseios do governo na Assembleia Legislativa de Pernambuco, o que favorece muito a barganha por apoio.

Edson Vieira já reuniu vereadores para conversar sobre a união entre os grupos

O Blog do Ney Lima apurou também que o ex-prefeito Edson Vieira (União) se reuniu, na semana passada, com a maior parte dos vereadores de sua base e comunicou sobre as articulações para união dos grupos de oposição, com a possiblidade do grupo Azul indicar a vaga de vice-prefeito na composição. Não houve resistência dos vereadores presentes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Balanço: Fim de semana começa com 12 homicídios em Pernambuco e apreensão de maconha em Caruaru

    O fim de semana começou marcado pela violência em Pernambuco, com o registro de  12  homicídios nesta sexta-feira (23). Entre as vítimas...