Páginas

PROGRAMA A VOZ DA ZONA RURAL - PARA FM

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2024

Pernambuco registra alta de 113,4% nos casos de dengue e investiga seis mortes, divulga SDS

 


Pernambuco registrou, até o dia 10 de fevereiro deste ano, 1.208 casos de pessoas com sintomas prováveis de dengue, representando um aumento de mais de 113,4% em comparação com o mesmo período de 2023. Dos casos relatados, 146 foram confirmados, com quatro casos graves da doença identificados.

De acordo com o relatório, o Estado está investigando seis mortes associadas a arboviroses, incluindo o caso de uma menina de 10 anos residente em Petrolina, no Sertão. Ela faleceu em 6 de fevereiro com suspeita de dengue e não tinha outras condições de saúde pré-existentes.

Pela quinta semana seguida, Pernambuco tem apresentado números acima da linha superior do diagrama de controle, o qual analisa a incidência da doença nos últimos 10 anos, excluindo os anos epidêmicos.

Os dados foram divulgados na tarde de sexta-feira, 16 de fevereiro, pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) em seu boletim epidemiológico.

“Esse desempenho, apesar de colocar o Estado em vigilância para o crescimento dos indicadores, ainda não deixa Pernambuco próximo de uma situação de emergência”, analisa, em nota, a SES-PE.

Com 13,3 casos prováveis por 100.000 habitantes, a incidência geral de dengue está significativamente abaixo do limiar estabelecido pelo Ministério da Saúde (MS) para considerar uma alta incidência, que é quando ultrapassa o patamar de 300 casos por 100.000 habitantes.

Apesar disso, o boletim epidemiológico indica que Pernambuco já está observando os primeiros municípios com média e alta incidência neste ano de 2024, com indicadores entre 100 e 300 casos por 100.000 habitantes. Estes incluem Fernando de Noronha, Araçoiaba, Gravatá e Belém do São Francisco.

Além da dengue, o balanço da Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE) também fornece dados sobre outras arboviroses.

Foram notificados 354 casos prováveis de chikungunya, representando um aumento de 23,8% em comparação ao mesmo período do ano passado, dos quais 28 foram confirmados.

Quanto ao Zika, foram registrados 19 casos prováveis, mas até o momento não houve confirmação de nenhum deles.


Com informações do Portal de Prefeitura

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Mecânico é morto a tiros em plena luz do dia no bairro Boa Esperança, em Brejo da Madre de Deus

  Mais um crime de morte aconteceu no bairro Boa Esperança, em Brejo da Madre de Deus, no Agreste de Pernambuco. Nesta terça-feira, 23 de ab...