Páginas

PROGRAMA A VOZ DA ZONA RURAL - PARA FM

terça-feira, 6 de fevereiro de 2024

Raquel Lyra repudia Álvaro Porto por falas e diz que sofreu ‘violência política’

Após tomar conhecimento das críticas feitas pelo presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), Álvaro Porto (PSDB), em vazamento do microfone da mesa diretora do plenário, classificando o discurso da governadora como ‘merda’, Raquel Lyra (PSDB) repudiou a fala do parlamentar e disse ter sofrido ‘violência política’ em visita à Casa, nesta quinta-feira (1º), no retorno dos trabalhos após o recesso.

“Avalio que é algo lamentável a ser dito pelo presidente de um Poder. Fiz questão de estar na Assembleia, com todo o meu time de governo, para agradecer a Assembleia Legislativa pelo ano que passou, porque aprovamos, com muito diálogo, de maneira conjunta, os projetos enviados. É um ato lamentável de violência política o que se passou, às vezes é em gestos, em atitudes, em ações e hoje foi em voz”, declarou Raquel Lyra a Rádio Transamérica.

A governadora enfatizou que o episódio desta quinta-feira só exemplifica as barreiras e as adversidades que as mulheres são obrigadas a superar num ambiente profissional e, principalmente, dentro da política. “Lamento porque isso não está à altura do que Pernambuco representa, um diálogo fora de propósito, mas que revela o que uma mulher sofre nos espaços de poder. Não baixo a cabeça pelas adversidades que se colocam, tudo que eu gostaria é que possamos ser respeitados pelos cargos que ocupamos e que a população possa nos julgar pelas ações do nosso governo”, finalizou Raquel Lyra.

Fonte: JC Online


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Impacto Devastador da CPI nas Pretensões Políticas de Capilé

  Santa Cruz do Capibaribe - A recente conclusão da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Reforma da Câmara em Santa Cruz do Capibaribe...