Páginas

PROGRAMA A VOZ DA ZONA RURAL - PARA FM

segunda-feira, 1 de abril de 2024

Policial militar é preso após atirar em irmão, também PM, durante corrida de aplicativo

 'Ambos aparentavam estar em estado de embriaguez', informou a Polícia Militar. Caso é investigado pela Polícia Civil como tentativa de homicídio.


Centro de Reeducação da Polícia Militar de Pernambuco fica em Abreu e Lima, no Grande Recife — Foto: Reprodução/Google Street View

Um policial militar foi preso após atirar no próprio irmão, que também é PM, durante uma corrida de aplicativo. Esse caso aconteceu na noite do sábado (30), no bairro da Guabiraba, na Zona Norte do Recife, e é investigado pela Polícia Civil como tentativa de homicídio.

As informações sobre esse crime foram divulgadas pelo Jornal do Commercio, em uma publicação feita no site do JC pelo jornalista Raphael Guerra, no início da tarde deste domingo (31). Procuradas pelo g1, a Polícia Militar (PM) e a Polícia Civil enviaram notas confirmando o caso.

A PM informou que:

Os dois irmãos solicitaram a corrida em um aplicativo de transporte em Aldeia, em Camaragibe, no Grande Recife, para o bairro da Madalena, na Zona Oeste do Recife;
Quando o carro passava na Estrada da Mumbeca, os dois policiais "se desentederam e um deles efetuou dois disparos de arma de fogo contra seu irmão";
Após os tiros, o motorista parou o carro e fugiu do local;
Policiais militares do 11º Batalhão foram acionados e, ao chegarem ao local, encontraram o PM que atirou ao lado do irmão, que estava deitado no chão;
O policial que atirou "afirmou que tinha disparado contra seu irmão após uma discussão banal";
"Ambos aparentavam estar em estado de embriaguez";
Foram apreendidas duas pistolas, em situação regular, que estavam com os irmãos, além do carro do motorista;
O caso é investigado pela Diretoria de Polícia Judiciária Militar e, simultaneamente, pela Polícia Civil.

O que aconteceu com os irmãos?

O irmão baleado foi levado para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) de Nova Descoberta, na Zona Norte do Recife, de onde foi transferido para o Hospital da Restauração (HR), no bairro do Derby, na área central da cidade. Como o nome do PM não foi divulgado, não foi possível ter acesso a informações sobre o estado de saúde do paciente.

O irmão que atirou no outro foi levado pela Polícia Militar para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), no bairro do Cordeiro, na Zona Oeste do Recife, onde foi autuado em flagrante delito. O caso foi registrado pela Força-Tarefa de Homicídios da Capital, informou a Polícia Civil, em nota.

Em seguida, o policial militar que feriu o irmão a tiros foi levado para o Centro de Reeducação da PM (Creed), que fica em Abreu e Lima, no Grande Recife, onde aguarda para passar por audiência de custódia prevista para a tarde deste domingo (31), segundo a PM. Como o nome do policial militar preso não foi divulgado, não foi possível ter acesso ao resultado da audiência de custódia.


Por Bruno Marinho, g1 PE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Moraes conclui que Bolsonaro não violou cautelares ao ir na Embaixada da Hungria

  O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), considerou que a permanência do ex-presidente da República Jair Bolsona...