Páginas

segunda-feira, 23 de abril de 2018

Coluna do blog desta segunda-feira

Candidatura de Marília Arraes também fragiliza oposição 
Existe um desejo de atores da dita oposição pela candidatura de Marília Arraes no sentido de forçar a existência de um segundo turno acreditando numa repetição de 2006 que levou Eduardo Campos ao Palácio do Campo das Princesas. Ocorre que há uma diferença elementar entre a postulação de Marília e aquele que representar a oposição em relação ao pleito que elegeu Eduardo Campos, porque não há qualquer relação política entre eles e Marília, diferentemente de 2006 quando Eduardo e Humberto estavam no mesmo campo político.
A eventual candidatura de Marília, que em pesquisas internas e externas se configura no grande fato novo da eleição, corre um risco real de polarizar com Paulo Câmara, deixando o nome oposicionista de fora da disputa de um eventual segundo turno, fragilizando um grupo que tem dois senadores, três ex-ministros e deputados federais e estaduais com algum tipo de representatividade.
Na hipótese de Marília Arraes ficar de fora do segundo turno, no calor da disputa envolvendo o PSB, o PT e o candidato do palanque de Temer, é pouco provável que o eleitor de Marília faça a escolha por um nome oposicionista. Essa conta é óbvia e imaginar que será diferente por parte da oposição é no mínimo ingenuidade.
O melhor quadro para a oposição é o de duas candidaturas do mesmo campo político ou uma disputa no mano a mano com o governador Paulo Câmara, porque quem desaprova o governador tende a marchar com um nome oposicionista. Com Marília no jogo, Paulo pode até perder pra ela, mas a oposição sairia mais desmoralizada caso ficasse de fora da segunda etapa. Portanto, a oposição torcer pela candidatura de Marília Arraes significa torcer pelo seu próprio ocaso.
Incerteza – Por conta da sua situação na justiça, onde responde a uma série de processos, o ex-deputado federal José Augusto Maia (Avante) corre um sério risco de ficar de fora das eleições deste ano. Ele pretende ser candidato a deputado estadual, mas poderá ser enquadrado pela Lei da Ficha Limpa e ser impedido de entrar na disputa.
Apoios – A deputada estadual Roberta Arraes, depois que oficializou sua entrada no PP, conquistou uma série de apoios para a sua reeleição. Roberta precisará de apenas 30 mil votos, mas tem boas chances de passar de 40 mil porque está na base do governador Paulo Câmara e será a única interlocutora do Araripe com o Palácio caso o governador seja reeleito.
Clóvis Paiva – Filiado ao Partido Progressista, o ex-prefeito de Ribeirão Clóvis Paiva será candidato a deputado estadual em outubro, e tem grandes chances de ser o representante da Mata Sul na Assembleia Legislativa de Pernambuco. Clóvis é uma das grandes apostas do deputado federal Eduardo da Fonte, que poderá ser candidato a senador na chapa de Paulo Câmara.
Em forma – Pré-candidato a governador de Pernambuco, o ex-ministro da Educação Mendonça Filho postou vídeo nas suas redes sociais com atividades físicas. Mendonça para chegar ao Palácio do Campo das Princesas terá que ter fôlego de maratonista porque a disputa tende a ser a mais acirrada dos últimos anos.
RÁPIDAS
Agricultura – O governador Paulo Câmara entregará, nesta segunda-feira, 15.550 kits com equipamentos para a estruturação de ações produtivas para a agricultura familiar de 87 municípios de Pernambuco beneficiadas pelo programa Pernambuco Mais Produtivo. O caráter produtivo faz parte do Programa Segunda Água (Cisternas Calçadão), financiado com recursos da União, via Ministério de Desenvolvimento Social. O investimento na ação é da ordem de R$ 22 milhões.
Brasília – Embarco hoje rumo a capital federal para acompanhar a semana legislativa da Câmara dos Deputados e do Senado Federal. Lá terei maiores informações sobre o cenário político nacional e estadual. Fiquem ligados no blog, pois traremos tudo em primeira mão para os nossos leitores.
Inocente quer saber – O PSB já prepara o futuro deputado federal João Campos para ser o candidato do partido a prefeito do Recife em 2020?

Do Edmar Lyra

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Balanço: 10 pessoas são assassinadas no último dia de junho em Pernambuco

  Foto: Arthur Mota/FolhaPE Registrados 10 homicídios nesta quinta-feira (30) em Pernambuco. Com isso, o mês de junho fechou com 287 assassi...

Matérias mais vistas