Páginas

sexta-feira, 22 de junho de 2018

Edson Vieira envia nota sobre a denúncia da Procuradoria Geral do Ministério Público

Foto: Arquivo.
Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe envia nota sobre a denúncia da Procuradoria Geral do Ministério Público (PGMP).
A PGMP denunciou criminalmente o prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira (PSDB), por ter contratado irregularmente seis servidores para os cargos de assistente administrativo, assistente social, nutricionista e psicólogo. Acesse a matéria completa clicando AQUI.
Confira a nota na íntegra::

Em resposta à matéria veiculada no blog do Ney Lima, informando ao leitor a respeito da denúncia criminal oferecida no dia 15 de junho pela Procuradoria Geral do Ministério Público do Estado de Pernambuco, informamos que foi publicada no Diário Oficial do TCE/PE, no dia 21 de junho, uma decisão proferida pela 2ª Câmara daquela Corte de Contas, tendo como relator o Conselheiro Dirceu Rodolfo, julgando regulares as citadas contratações objeto da denúncia.

A notícia de denúncia pegou a todos de surpresa, haja vista que até o dia 15 de junho (data do protocolo do pedido) não havia qualquer decisão final no órgão de controle externo de nosso Estado, já que referido julgamento ocorreu somente no dia 20 de junho, com publicação no dia 21 de junho, referendando a legalidade das 06 (seis) contratações objeto da denúncia pelo Ministério Público.

Por essa razão, a após o recebimento do inteiro teor da denúncia, será possível o encaminhamento do inteiro teor da decisão do TCE/PE, que julgou regular as contratações, para que seja corrigido o equívoco que originou a presente denúncia.

Edson de Souza Vieira
Prefeito    

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Cinco vereadores são afastados por suspeita de integrar esquema de 'funcionários fantasmas' em Pernambuco

Policiais civis cumprem mandados de busca e apreensão em operação que tem como um dos alvos a Câmara de Vereadores do Cabo de Santo Agost...

Matérias mais vistas