Páginas

segunda-feira, 1 de agosto de 2022

Censo 2022 do IBGE começa na segunda-feira (1)

 


O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) inicia a partir de segunda-feira (1º), a coleta de dados em todo o Brasil para o Censo Demográfico 2022, que volta a ser realizado após dois anos de atraso por causa da pandemia de Covid-19 e indisponibilidade orçamentária.

Em todo o Brasil, os recenseadores devem visitar cerca de 70 milhões de domicílios até final de outubro. Eles estarão vestindo colete azul marinho, com logotipo do IBGE, além de portarem crachá de identificação. Ao receber o recenseador, o morador pode confirmar a identidade do mesmo através do site respondendo.ibge.gov.br ou do telefone 0800 721 8181. Os funcionários são orientados a não pedir para entrar na casa, já que tudo pode ser feito na calçada da residência. Por conta da pandemia, os recenseadores também estarão usando máscara e álcool em gel.

Assim como no Censo de 2010, neste ano os moradores poderão escolher a opção de preenchimento do questionário via internet caso não queira responder a pesquisa presencialmente. Após uma visita inicial obrigatória, na qual o recenseador também registrará as coordenadas de cada endereço, o morador poderá fazer a escolha pelo autopreenchimento via internet. A partir daí, será gerado um e-ticket, com prazo de validade de sete dias, para que a pessoa responda ao questionário on-line.

De acordo com o IBGE, serão dois tipos de questionário: o básico e o de amostra. O Questionário Básico da pesquisa conta com 26 questões e investiga as principais características do domicílio e dos moradores, como data de nascimento, escolaridade e rendimento. O questionário de Amostra é aplicado em cerca de 5% dos domicílios em Sorocaba, aplicados a partir de uma seleção automática do sistema de coleta, e é composto por 77 questões abordando características dos domicílios, identificação étnico-racial, religião ou culto etc. Todas as informações prestadas ao IBGE são sigilosas, protegidas pela Lei 5.534.

Segundo o IBGE, uma das principais mudanças do questionário de 2010 para o de 2022 foi a diminuição do número de perguntas, tanto no questionário Básico como no de Amostra. Outra novidade é o levantamento diferenciado que será realizado em terras e territórios quilombolas, fornecendo um novo retrato sobre essa população, além do questionário específico para terras indígenas, que já vem sendo aplicado desde 1991. Além disso, também foi realizado recentemente a pesquisa do entorno urbanístico, em que caracteriza as condições das vias públicas.

Da redação do Blog Vertentes Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Anderson reforça importância da isonomia durante a eleição em visita ao MPPE

  Foto: Hermes Costa Neto/Divulgação O candidato Anderson Ferreira (PL) defendeu, nesta terça-feira (16), a garantia de condições de isonomi...

Matérias mais vistas