Páginas

sexta-feira, 11 de maio de 2018

Ministério Público da Paraíba discute vazão de esgoto na Transposição em Monteiro

Uma reunião foi realizada na quinta-feira (10) na sede do Ministério Público Federal (MPF) em Monteiro (PB), os com representantes da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa), Energisa e Prefeitura Municipal de Monteiro, para solucionar problemas de esgotamento na cidade.
Por falta de ligação de energia na estação elevatória 4 do município, os dejetos estão transbordando e provocando poluição atmosférica no local, o vazamento de esgoto está ainda escoando em direção ao canal da transposição do rio São Francisco.
Após a reunião, ficou acordado que no próximo dia 17, às 9 horas, na sede do MPF em João Pessoa, será firmado um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com a Prefeitura de Monteiro e a Cagepa, a fim de que seja entregue para a companhia de água a estação final de tratamento de esgoto da cidade. Com a assinatura do TAC, a prefeitura se responsabiliza por eventuais falhas constatadas na execução das obras da etapa do sistema de esgotamento sanitário que estava sob seu encargo.
Ficou decidido que a Prefeitura de Monteiro encaminhará para a Energisa um cronograma de execução de todas as obras complementares relativas ao esgotamento sanitário, previstas no Projeto de Integração do São Francisco (Pisf), que vão precisar de ligação de energia, a fim de que a empresa possa se planejar para as ligações que ainda estão por vir.
A Funasa solicitará à Energisa a ligação de energia para funcionamento dos elementos da terceira etapa do sistema de esgotamento de Monteiro, também prevista no Pisf.
De Olho no Cariri

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

PRF apreende adolescente com 44 pássaros silvestres em Recife

  Três aves morreram durante transporte na mala de um carro Um adolescente de 16 anos que transportava 44 pássaros silvestres foi apreendido...

Matérias mais vistas