Páginas

quinta-feira, 27 de setembro de 2018

Servidores do Detran apoiam proposta de Armando para motos

O candidato ao governo pela coligação Pernambuco Vai Mudar, Armando Monteiro (PTB), realizou, na manhã desta quarta 26, caminhadas em dois bairros da Zona Norte do Recife.  Com uma calorosa acolhida por parte dos moradores, comerciantes e feirantes do Arruda e de Água Fria, Armando ainda recebeu o apoio de entidades de classe que lidam diretamente com as questões de trânsito e mobilidade, que elogiaram a proposta de isenção do IPVA para cinquentinhas, descontos para motos de placa vermelha com até 180 cilindradas e renegociação das dívidas de quem teve motos apreendidas. Mais de 1 milhão de pessoas utilizam motos em Pernambuco para trabalhar, produzir e se locomover.
Pouco antes de conversar com as pessoas no comércio e nas feiras de Arruda e Água Fria, Armando esteve com representantes do Sindicato dos Servidores do Detran-PE (Sindetran), da Associação dos Servidores do Detran-PE (ASD-PE) e do Sindicato dos Agentes de Trânsito (Sindat).
“Estamos dando o apoio à candidatura de Armando porque queremos que Pernambuco volte a crescer.  Queremos um governador que respeite o servidor porque estamos vivendo a pior fase do Detran-PE. A população também sofre com essas taxas caríssimas, com esse 100% do IPVA, com a cobrança injusta de valores que foram aumentados pelo governador Paulo Câmara”, afirmou o presidente da ASD-PE, Fernando Coelho, que elogiou a proposta de Armando para os proprietários de motos no Estado. “O que existe hoje é somente uma maneira de extorquir a população por parte de Paulo. Podemos ter um controle das cinquentinhas no emplacamento, mas não necessariamente cobrando IPVA. A proposta é factível e justa para a população”, completou Coelho.
Armando também se reuniu com representantes da Associação dos Defensores Públicos do Estado de Pernambuco. De acordo com o presidente da entidade, Edmundo Barros, a autonomia da categoria foi conquistada no Supremo Tribunal Federal por intermédio de Armando. “Somos gratos. O PTB patrocinou a nossa causa e fomos a primeira Defensoria Pública do País a conquistar autonomia”, afirmou Barros. “Nós defendemos uma mudança de rumo e, se Armando for eleito, a Defensoria será melhor vista pelo governo”, acrescentou.
Assessoria do candidato

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Bruno Araújo: “O PSDB reprimido é de centro-direita”

O deputado federal Bruno Araújo, um dos primeiros signatários do movimento “Muda PSDB”, defende que o partido faça uma “flexão um pouco m...

Matérias mais vistas