Páginas

terça-feira, 9 de agosto de 2022

Bando liderado por empresário pernambucano movimentou R$ 130 milhões em lavagem de dinheiro e agiotagem

 

Nos endereços alvos foram apreendidos veículos, valores em espécie, cheques bancários, armas de fogo, jóias e bens de luxo - Fotos: Divulgação/PF

Um grupo criminoso liderado por um empresário pernambucano do ramo de hotéis, motéis e postos de combustíveis, que movimentou R$ 130 milhões em agiotagem, pistolagem e lavagem de dinheiro, é alvo de operação da Polícia Federal no Estado (PF/PE), nesta terça-feira (9).


De acordo com a PF, nove mandados de prisão temporária, 14 de busca e apreensão, além do sequestro de bens móveis e imóveis, estão sendo cumpridos durante a "Operação Curica" em Pernambuco e mais dois estados. Em Pernambuco, os mandados são no Recife e em Serra Talhada, no Sertão; em São Paulo, na cidade de Sorocaba; e, em Mato Grosso do Sul, na capital, Campo Grande.


Durante as investigações, iniciadas no final de 2020, a PF identificou um militar do Exército Brasileiro e um policial federal, que foram alvos de mandados de busca e apreensão e prisão temporária nesta terça.


Ainda de acordo com a PF, nos últimos cinco anos, o bando movimentou cerca de R$ 130 milhões em contas bancárias próprias e de pessoas cooptadas para essa finalidade (laranjas), sem comprovação da origem lícita dos valores.


A investigação identificou, ainda, a criação de diversas pessoas jurídicas com a finalidade de facilitar a lavagem dos valores obtidos com as práticas ilícitas.

Ao longo desta terça, já foram apreendidos veículos, valores em espécie, cheques bancários, equipamentos de informática, armas de fogo, joias e bens de luxo.


Com informações da Folha PE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Hospital de Toritama ganha novo aparelho de Raio X Digital

  Foto:Divulgação  Já começou o atendimento e o uso do novo aparelho de Raio X Digital que foi inaugurado na tarde da segunda-feira (19/09),...

Matérias mais vistas